angelorigon.com.br
Livre pensar
O estranho na natureza humana é que o – raro! – homem justo vive atormentado por problemas de consciência. O canalha nem está aí.