agrupaiao.pt
1.º de MAIO – Dia do Trabalhador
Rasgaram as mãos escrevendo nos campos Adormeceram a alma no rugido das fábricas Toupeiras cegas escavando em pranto Alimento para vampiros sedentos e desumanos. Porém, a um grito tudo parou Aguent…