acasadevidro.com
“…para todo homem, há alguma coisa que, no seio da infelicidade do outro, não poderia deixá-lo indiferente e suscita uma reação…”
“DIANTE DO INSUPORTÁVEL” Por François Jullien (*) Um rei duvidava de sua capacidade de fazer bem aos seus súditos. Para persuadi-lo disto, um sábio lembrou-lhe uma anedota a este respeito. Enquanto…