simab.pt
O potencial das flores de corte em Portugal
“É um negócio rentável”, mas as flores e as plantas de vaso tendem a ser mais ou menos procuradas de acordo com a disponibilidade das carteiras dos portugueses. Hoje, vive-se uma fase mais complicada, reconhece Rui Algarvio, vice-presidente da Associação Portuguesa de Produtores de Plantas e Flores Naturais (APPPFN), mas o que é produzido