rodrigodacunha.adv.br
Justiça nega reconhecimento de união estável simultânea ao casamento - Escritório de Advocacia Rodrigo Da Cunha Pereira
Crédito da foto: Imagem de Igor Ovsyannykov por Pixabay O Tribunal de Justiça do Espírito Santo (TJES) negou o reconhecimento de união estável simultânea ao casamento. O magistrado entendeu que as provas nos autos do processo eram insuficientes para demonstrar a união estável e o que o fato de o homem já ser casado seria um impedimento legal, …