palavreira.com.br
Um braço de frio cutucador de memórias
Hoje acordei com um braço de vento frio me cutucando na cama... deve me conhecer de outros tempos, porque acendeu memórias antigas de uma infância à beira de um rio.