luanfelipe.com
Olá - Luan Felipe
Seja bem-vindo. Sempre saudado com fogos de artifício, banhos de espumante e oferendas à Iemanja. Abraços e desejos de que o ano seja bom. Não pulei minhas sete ondas. Ou comi uvas e guardei as sementes na carteira. Não usei roupas com base no que eu queria atrair. Mas tomei banho de chuva. Aproveitei o céu sem estrelas e vi os pingos caindo da escuridão. Abracei meus familiares. Ouvi desejos de um bom inicio de ano. Alguns falsos. Pensei em como quero que meu ano seja. Foto: Valerie Kasinski Não lembro no que eu pensava quando 2012 se tornou 2013. Porém, lembro que choveu. Há quatro ou cinco anos sempre chove onde estou na virada. Um sinal? Não, 2012 não foi como 2013. Sem relação nisso ai. A melhor coisa foi o banho de chuva. A gente cresce e esquece o quão bom é sentir os pingos na pele, molhando os cabelos, encharcando a camiseta. Sentir o efeito que isso faz interiormente. Lavando as emoções. Os cantos escuros onde nos escondemos. Junto com a sensação de alivio que a chuva trouxe