jagostinho.com.br
ESTE TAMBÉM NÃO SABE DE NADA !!! | Jota Agostinho
FOLHA ONLINE >>>/O presidente do Conselho de Ética do Senado, Paulo Duque (PMDB-RJ), afirmou nesta quarta-feira que "não existe independência total na política". O peemedebista será o responsável por decidir se as denúncias contra o presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), e o líder do PMDB, Renan Calheiros (AL), serão examinadas pelo colegiado. Duque marcou para agosto a eleição do vice-presidente do conselho e a primeira reunião que vai discutir os desdobramentos das denúncias contra os peemedebistas. Questionado se o colegiado ficaria desacreditado pela ligação dele com os denunciados, o peemedebista reconheceu que sua atuação não será totalmente independente. "Não existe independência total na política", afirmou. O peemedebista disse que não conhece o teor das quatro denúncias contra Sarney e representação contra Renan. Duque tem nas mãos o poder de rejeitar sumariamente as denúncias e representações contra senadores. "Não tenho conhecimento das denúncias, mas vamos