gazetaderondonia.com.br
Desembargador ‘sem lotação’ no Tocantins ganhou R$ 250 mil em dezembro
Corte estadual usa 80% do orçamento com folha salarial e ‘encargos sociais’; no último mês de 2018, juiz recebeu R$ 141 mil, analista judiciár