cruzamundos.com
Marrocos 2015 – Dia 3 – Marrakesh | Cruzamundos
Marrakesh, 19 de Janeiro de 2015 A manhã acordou húmida. Ouvia-se a chuva cair no toldo que cobre o páteo do riade. Quando abrandou atrevemo-nos a sair. Primeira paragem, nos batidos. Uma rotina que se estabeleceu desde o primeiro dia. O sabor daquela bebida espessa, a originalidade da mistura de tâmaras com leite e banana... o prazer de observar um dos homens que servia os batidos como se dançasse, com gestos elegantes, um sorriso nos olhos, mirando os clientes de frente. Por estranho que pareça, se tivesse que escolher um só momento, um só local, desta viagem por Marrocos, seria aquele, a chegada ao balcão, o pedido, o jarro a verter a delícia para a minha caneca, o bulício na rua, todo em redor, o prazer gustativo. Os sinais da chuva eram evidentes. O chão estava molhado e a luz era pardacenta. A praça era mesmo ali ao lado, uma visita impunha-se. Mas uma visita em trânsito que para aquela manhã havia algumas missões: encontrar o hotel Mamounia e comprar o bilhete de autocarro para