virtu.ga
Prólogo
E antes de ser Nasci poeta Quebrei a casca e voei Meu voo solo Primeiro vislumbre do mundo: A poesia Quis abrir os olhos Mas a luz Imensa Invadia Abri a janela Insisti em descobrir o universo E todos os dias renasço Existo Sofro e choro A vida dói na carn