virtu.ga
Às fortunas, ao leu, num dilema e num paradoxo patético
Às fortunas, ao leu, num dilema e num paradoxo patético Eu espero que os meus poemas não sejam só um aglomerado de termos Sem coesão e coerência Com erros de sintaxe E tudo o mais que é embuste e medíocre. Não suportaria uma notícia dessa natureza. Uma crítica definhante e ch