virtu.ga
Ao Amor que nunca chegou a ser
Escrevo-te mais uma vez, Amor Pássaro errante, deserto... Para mim distante Depois do vazio, o nada. Só a lembrança. Calmaria. Superfície. Não sei se é apenas uma questão de geografia ou de tempo. Falta compreensão e palavras Das vezes que a memória trai E de quantas vezes te revejo Tantas