talesgubes.com
Um café da manhã para estimular o sensível - Tales Gubes
O celular vibrou no meu bolso pela terceira vez. Minhas mãos estavam ocupadas demais repousando sobre meus joelhos para que pudessem buscar o telefone, e mesmo que estivessem livres, meus olhos estavam vendados. A urgência em descobrir que mensagens, e-mails e notificações vibravam no meu celular estava brigando com a tentativa de meditar. Estar presente …