simplicissimo.com.br
Casos de Outrem - Simplicíssimo
Era tarde da noite quando bateu à porta. Resmungando fui abrir e surpresa vi que era ele, o visinho do apartamento ao lado. Um sujeito calado que não se aproximava de ninguém. – Uma xícara de açúcar, por favor. – disse ele tão logo abri a porta. Praguejando fui buscar o açúcar e trouxe logo …