projectoadamastor.org
A Escrava Isaura — Bernardo Guimarães
Subamos os degraus, que conduzem ao alpendre, todo engrinaldado de viçosos festões e lindas flores, que serve de vestíbulo ao edifício. Entremos sem cerimónia. Logo à direita do corredor encontramo…