paginadoenock.com.br
SEBASTIÃO CARLOS: Foi com alegria que tomei conhecimento de que o Ministério Público do Estado, com base na Lei federal nº 12.244/2010, que determina a universalização das bibliotecas nas instituições de ensino do país, abriu inquérito para apurar os motivos da quase inexistência de bibliotecas e da ausência de bibliotecários nas escolas de Cuiabá. Se os governos, estadual e municipal, não encararem com seriedade a questão das bibliotecas públicas, não só nas escolas, mas igualmente as comunitárias, será uma falácia, autentica conversa fiada, falarem em educação. Como educar sem livros?
SEBASTIÃO CARLOS: Foi com alegria que tomei conhecimento de que o Ministério Público do Estado, com base na Lei federal nº 12.244/2010, que determina a universalização das bibliotecas nas instituições de ensino do país, abriu inquérito para apurar os motivos da quase inexistência de bibliotecas e da ausência de bibliotecários nas escolas de Cuiabá. Se os governos, estadual e municipal, não encararem com seriedade a questão das bibliotecas públicas, não só nas escolas, mas igualmente as comunitárias, será uma falácia, autentica conversa fiada, falarem em educação. Como educar sem livros?