paginadoenock.com.br
PROFESSORA MICHELE SATO: Neste momento de esgotamento dos paradigmas e de catástrofes socioambientais na humanidade, a UFMT não é uma ilha isolada de um continente em crise, mas recebe, e também emite, os reflexos da civilização e da barbárie. Meu voto pertence à CHAPA 2, com Paulo Teixeira e Sérgio Allemand, porque conseguem responder aos desafios de uma era, e é vital compreender o que estamos vivenciando, refletindo as ações de mudanças para que a ética consiga ser vitoriosa sobre os destinos da vida por meio de um esperançoso devir
PROFESSORA MICHELE SATO: Neste momento de esgotamento dos paradigmas e de catástrofes socioambientais na humanidade, a UFMT não é uma ilha isolada de um continente em crise, mas recebe, e também emite, os reflexos da civilização e da barbárie. Meu voto pertence à CHAPA 2, com Paulo Teixeira e Sérgio Allemand, porque conseguem responder aos desafios de uma era, e é vital compreender o que estamos vivenciando, refletindo as ações de mudanças para que a ética consiga ser vitoriosa sobre os destinos da vida por meio de um esperançoso devir