miojoindie.com.br
Resenha: “Ouro”, Isabel Lenza
Da poesia ensolarada (&qout;Sim para equilibrar / Sim pra somar / Sim para reconstruir / Sim para agir&qout;) e base etérea que marca a inaugural Sintropia, para o rock cru à la The Strokes na melancólica Partícula de Estrela (&qout;Eu não sei você / Mas eu tô indo embora pra bem longe daqui ... A minha alm…