miojoindie.com.br
Resenha: “Lush”, Snail Mail
&qout;Nós podemos ser qualquer coisa / Mesmo separados ... Quem está em sua mente? / Não há mais jeito de mudar / Eu ainda vou te amar do mesmo jeito&qout;. Consumida pela saudade, a poesia angustiada, ainda que irônica, de Pristine, funciona como um poderoso indicativo do som produzido por Lindsey Jorda…