lis.life
Um vilão na moda? | Lis | Lifestyle | Girl Power |
Quando o “vilão” ganha protagonismo e mostra a que veio! Há 3 anos a Braskem monta um estande no SPFW em busca de inovação, versatilidade e quebra de paradigmas. Ano passado, Á La Garçonne usou o plástico verde para imprimir suas peças. Pulseiras e botões foram feitos numa impressora 3D em gravidade zero. O Plástico Verde é produzido a partir da cana-de-açúcar, o que contribui para a redução da emissão de gases que causam efeito estufa na atmosfera. Em 2018 o desafio foi para estudantes de cinco universidades! Desenvolver uma peça usando tecido de polipropileno como matéria-prima para a coleção de Patrícia Bonaldi. Para aprender a manusear e repensar os fios de polipropileno, os estudantes foram capacitados e aprofundaram conhecimentos sobre desenho e modelagem, bordado e estamparia. A matéria-prima é inovadora e diferente do habitual. Não há ainda pessoas 100% capacitadas para rever o uso do plástico como sua versatilidade permite. Desmistificar o plástico como como vilão passa por capacitação de todos os mercados, até da moda. Um dos maiores benefícios do polipropileno foi destacado pela estilista: “O mais bacana é saber que o polipropileno pode ser 100% reciclável” O polipropileno foi escolhido como material por conta de suas características: …