kooka.org
{#72.294.2019}
E depois perguntam-me, sabendo-me totó, como é que consigo viver assim. Ou antes “assim”. E eu, que sinto sempre tudo intensamente, simplesmente encolho os ombros e respondo “não …