jagostinho.com.br
A MARAVILHOSA "DEMOCRACIA BOLIVARIANA" !!!! | Jota Agostinho
FOLHA.COM Missão da Unasul na Venezuela não poderá fazer críticas contundentes Representantes da Unasul (União das Nações Sul-Americanas) poderão acompanhar a eleição parlamentar venezuelana de 6 de dezembro, circular livremente pelos centros de votação e conversar com opositores. Mas, numa restrição à fiscalização, não terão status de observadores e deverão se abster de emitir críticas contundentes ao processo. Após semanas de polêmica, as prerrogativas para a missão eleitoral da Unasul foram definidas em convênio assinado nesta quinta (12) em Caracas entre representantes do bloco e o Conselho Nacional Eleitoral (CNE). Boris Vergara - 26.out.2015/Xinhua O presidente Nicolás Maduro em reunião no CNE sobre as eleições de 6 de dezembro O documento não deixa claro qual será a participação do Brasil após o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) desistir de enviar representantes em protesto contra o veto branco ao ex-ministro Nelson Jobim como