jagostinho.com.br
DIAS ASSUME TOM DE CANDIDATO E ENDURECE DISCURSO | Jota Agostinho
AGÊNCIA ESTADO Assumindo postura de candidato, o senador paranaense Alvaro Dias, vice na chapa de José Serra (PSDB) a presidente da República, endureceu o discurso contra o governo Lula, neste sábado, durante a convenção do partido em Cuiabá (MT) que homologou o nome de Wilson Santos na corrida pelo governo do estado. A administração federal, segundo o senador, "usa a mentira como a arma para esconder suas falcatruas" e "alimenta a si próprio com o dinheiro do povo". Por fim, ele elogiou a administração de Fernando Henrique Cardoso (PDSB), entre 1995 e 2002. "A estabilidade econômica se deve ao Real do governo do PSDB. A semente foi implantada pelo PSDB". Dias voltou a comentar a oposição dos aliados do DEM à chapa puro-sangue tucana - os democratas reivindicavam a indicação do vice. E garantiu que tudo vai bem. "Tenho recebido recomendação do partido e do Serra. Já me sinto em campanha", disse. Ele afirmou que considera normal a demanda democrata e que acredita que um acordo será