independente.jor.br
Espanha se situa à esquerda e deixa de lado a ultra-direita, que irrompe a Europa - Independente
As eleições do último dia 28 de abril eram chaves para a Espanha. Havia várias questões a ser definidas nesta data, em que até cinco partidos com notável importância se apresentavam. A ultra-direita entraria com força no parlamento espanhol? Que efeito a divisão causaria, entre as diversas opções conservadoras? Os resultados permitiriam uma governabilidade ou,