ifte.blog.arautos.org
“Já não sou eu que vivo”
Ir. Maria Teresa Ribeiro Matos, EP O confessor, que muito conhecia e admirava Catarina, não sabia o que pensar sobre o que esta dizia em sua última confissão. No princípio, achava tratar-se simples…