consciencia.net
Viva Manoel Chagas!
O registro é do jornal O Globo de 24 de dezembro de 1930.