consciencia.net
Vida artificial ou morte artificial?
Tão genial como cientista quanto trapalhão na política, Einstein foi o pai da bomba atômica. Dos grandes jornais brasileiros, só dois manchetearam a nova façanha científica: Folha de S.Paulo (“Ciência cria primeira célula sintética”) e O Globo (“Criada vida artificial”). Provocadora como sempre, a Folha fez constar em sua capa uma afirmação para melindrar os(...)