consciencia.net
Hoje meu avô veio me visitar.
Foi durante uma névoa onírica, que se foi quando ele chegou. Eu não pude acreditar. Pude sim. Olhei em seus olhos, bem no fundo deles, porque sabemos todos que esta é a forma mais profunda de intimidade que existe. Ele estava lá. Olhou de volta, firme, como quem cumprimenta numa tarde de verão no Rio(...)