citacoescinefilas.com.br
O Sacrifício do Cervo Sagrado (The Killing of a Sacred Deer, 2017) - Yorgos Lanthimos - Citações Cinéfilas
Não compreendo as vaias em Cannes para The Killing of a Sacred Deer. Fiquei na dúvida se era esperado uma cópia perfeita de “The Lobster”, seu filme anterior, ou mais uma réplica americana de filme dramático-cult-indie de fórmula surrada como tem feito tantos diretores, como Woody Allen e ainda são tão aclamados. Yorgos Lanthimos e sua ousadia apresenta mais uma vez um filme desafiador, que não chega a ser brilhante como o seu longa anterior, mas beira a excelência sem muito esforço, mantendo a mesma linha de construção, através de tons ácidos, crus e relações pouco calorosas. Uma mistura entre atualidade que necessita de questionamentos e reflexões sobre a ótica lúdica. Os simbolismos presentes são diversos. Os gregos com a tragédia de Ifigênia de Eurípedes e as referências católicas como o beijar os pés e o sangrar os olhos. Mas se debruçar diante de tais assuntos e esmiúça-los talvez não seja a intenção do diretor. Não fazer dele um novo “Mother” deixando todas as interpretações abertas a compreensão. Steven (Colin Farrell) é o pai, cirurgião bem sucedido. A esposa Anna (Nicole Kidman) e seus dois filhos, Kim (Raffey Cassidy) e Bob (Sunny Suljic). A relação fria entre eles, o distanciamento …