cinematecando.com.br
Crítica: O Motorista de Táxi | Cinematecando
Este filme fez parte da programação oficial da 41ªMostra Internacional de Cinema em São Paulo. Texto originalmente publicado em 19 de Outubro de 2017. Iniciar um filme com o letreiro de “Baseado em Fatos” pode muito bem prejudicar sua veracidade. O Motorista de Táxi, indicado da Coreia do Sul ao Oscar, começa como pastiche, transforma-se em drama e culmina em thriller de ação. Há situações artificiais: o vilão, no último segundo, é impedido de matar o mocinho; o clímax vem na forma de uma cena de ação automobilística, acompanhada por frases de efeito e uma trilha épica. Poderia ter sido …