blogdathai.com.br
Crônica: Vai Ficar Tudo Bem! -
Tá tudo bem. É melhor dizer assim, segurando a expressão mais serena que consigo fazer, por uns cinco ou dez minutos, tentando fazer com que a angústia recorrente não transpareça para que você simplesmente se vá sem perceber. Mas você percebe, claro que sim, só finge que não. Mas você prefere falar do tempo, que pro seu azar está completamente nublado, e não é de hoje. Elogia meu cabelo, diz que sempre fiquei melhor de cabelo curto, e tentar me convencer com o olhar de que marcar um chopp pra um dia desses é boa ideia. Você foi o meu melhor parceiro, de copo, de beijo, de cama… E se eu nunca te disse isso em alto e bom som, me desculpa, não é agora que vou dizer. Agora o que a gente realmente precisa é deixar a nossa decisão seguir o curso, o fluxo. Não sei dizer se doeu em você o tanto que doeu em mim, tampouco afirmar se ainda dói um pouco da imensidão que dói em mim, em você. Mas de alguma forma, essa angústia de não te ter por perto sempre que desejo, tá me fazendo crescer. E aí, depois de mentalizar todos os benefícios …