frontliner.com.br
Argentina convoca 'Fiscais do Sarney' para denunciar prateleiras vazias
Nicolás Trotta, ministro da Educação da Argentina, confere preços controlados em um supermercado. Reprodução: Twitter/@trottanico