pan.com.pt
"O PSD quer implementar o simplex da devastação ambiental"
No primeiro encontro de André Silva e Rui Rio, os líderes de ambos os partidos concordaram que o PAN e o PSD não têm grandes pontos de contacto e que "dificilmente" serão parceiros, num debate que ficou mais marcado pelas diferenças do que pelas concordâncias. Apesar de Rui Rio ter saído destacado inicialmente, ao acusar o PAN de ser "fundamentalista", foi o PAN que ditou as regras até ao fim. E isso foi visível durante a meia hora de debate, marcada pelas diferenças estruturantes na estratégia para governar Portugal, somadas ao facto de que os programas eleitorais do PSD e do PAN "não são compatíveis" e "são muito diferentes", indicou André Silva. Para o porta-voz do PAN, "não é aceitável que se catalogue o PAN de fundamentalista, quando quer trazer medidas de protecção social para aquelas pessoas altamente desfavorecidas". André Silva frisou ainda que Rui Rio, durante o tempo em que foi autarca do Porto, "não aplicou políticas públicas de protecção dos animais" e que ainda hoje