blog.bjcvs.org
O uso da artéria gastroepiploica direita como enxerto na revascularização miocárdica: onde estamos?
A escolha do enxerto ideal é uma preocupação para os cirurgiões desde a introdução das primeiras técnicas de revascularização miocárdica (RM). Já é bem estabelecido que os enxertos arteriais, como a artéria torácica interna, apresentam melhores resultados em termos de perviedad