blog.bjcvs.org
A mulher como cirurgiã cardiovascular: o copo está meio vazio ou meio cheio?
A medicina foi, por muito tempo, uma profissão proibida para mulheres. Mesmo assim, temos exemplos de várias mulheres que romperam paradigmas para exercê-la. Agnodice (séc III A.C, Grécia), considerada a primeira médica, vestia roupas masculinas para frequentar aulas de anatomia, destacando-se