xega

Castelo de Gelo

Capitulo 25 (uma criança?)

 Lua terminou em frente a câmara e olhou em volta. Jovens, adultos, crianças, mulheres e homens… Outras equipes de TV, repórteres de rádio… A quadra que celebraria mais um jogo de basquete do NBA estava realmente lotado. Lua nem era para estar ali.

 De repente, ela sentiu algo se chocando contra suas pernas e automaticamente  olhou e segurou a coisa. Ou melhor, a criança.

_ Opa! - ele a encarou e sorriu. Lua de volveu o sorriso. - Como você…

_ Oi…

_ Como é o seu nome, lindinho?

_ Super Man! - vibrou e Lua riu.

_ Ok, Super Man, onde está sua mãe?

_ Viajando… - ele desconversou.

_ Hm… E o seu pai?

_ Dizem que sou parecido com ele, você também acha?

_ Eu não conheço seu pai, mas… Você é parecido co um amigo meu.

_ Ele? - apontou para Igor.

_ Não. Com o Arthur… Mas ele…

_ Arthur é o meu papai!

_ Ah… - eles tem o mesmo nome, que legal!, pensou. - E ele, está onde?

_ Trabalhando.

_ Você está sozinho?

_ Não… - negou, rindo - Estou com a babá. Mas eu estou fugindo dela. - confessou e ela riu - Você quer ser minha tia?

_ Sua tia?

_ É, namorar o papai! - deu um pulinho.

_ Ah, menino, te achei! - uma moça o chamou - Desculpe…

_ Ah, tudo bem.. - ela o pegou no colo. - Posso lhe fazer uma pergunta? - ela assentiu - Qual é o nome, completo, do pai dele?

_ Arthur Aguiar.

Sprained Ankle Drabble Series [Xena and Gabrielle]

[Among those rediculous one sentence prompts I posted yesterday was this one, and I couldn’t get it out of my head. So, I may do this for all my ships. Fair warning.]

“Please put me down. It’s just a sprained ankle. And it’s not even my first. I can walk if you help me.”

Xena didn’t even hear her and she didn’t slow down either. She was running, cold sweat trickling down her back and thighs. Her heart was hammering wildly in her chest.

“Xena?” Gabrielle’s voice came to her from far away but wasn’t quite penetrating the fog of her panic.

“Xena! STOP!”

“What? Did I hurt you? Do you need rest?” Her wild gaze locked onto Gabrielle’s eyes. They were calm for some reason.

Keep reading