wistd

6

WHAT I’M SHOOTING THESE DAYS (VOL. 4)

I don’t know if you’ve seen the infamous PNW bridge that seems to be popping up all over Instagram, but it’s there. I’ve seen it on other photographer’s feeds and have always wanted to go there myself.

So I asked my sister (she’s the brave one in the family) and she decided to come too. And as we always do, we make it into a photoshoot opportunity. We drove out to Shelton, hiked a short hike, and then trekked across this old, abandoned bridge across Vance Creek.  

347 feet above the ground.

You guys, I am not the thrill-seeker type. I can manage roller-coaster rides and airplanes and all that jazz. But an unsecure bridge with pockets of questionable (but seemingly OK) beams of wood … I’m straight up chicken.

Straight up, Marty McFly chicken.  

I baby-stepped it like no one else. And then froze. And then baby-stepped it some more. Then took some photos. Then froze.  

There were a lot of “oh God’s” and “OMG OMG OMG” moments. Which is great because God was there and I’m still alive. Bwahahahahaha.

But anyways - my sister strolled across the bridge like it was no big deal. She literally was like “I wanna sit on the edge” and I was like “NOOOOOOO!!!!!”

But it’s all good. Other people were doing it. And it seems like they all survived. So I mustered up the courage I had left to scoot on over to her (sort of).  

Needless to say, the photos turned out pretty awesome. I’m proud of myself for making it as far as I did on that bridge (about the halfway point). And I’m not too sure how likely I’ll be on that bridge again. But at least I know that I did it.   

Crazy. The things you do for a great shot!

Can we go back to the studio now? Joking … not really.

Model: Kristina Chang
Location: Vance Creek Viaduct (Shelton, WA)

*  *  *

FOR MORE: WISTD

Desconectei

Desliguei minha campainha

tirei o telefone do gancho,

o celular tá sem sinal,

aqui o wi-fi não pega.

Hoje eu tô fora de área

pra ninguém me alcançar.

Não quero conversa fiada,

eu quero me conectar.

Não com o mundo exterior,

mas comigo

meu eu daqui de dentro.

Pra ver se me lembro das coisas

que um dia foram importantes,

sonhos, desejos, aspirações…

Só pra ter certeza de não desceu tudo pelo ralo.

Tô farta de tecnologias,

que só avança a todo tempo!

Nenhuma olhada pra trás,

o que importa é o futuro!

Ganhar, comprar, gastar.

Ficar em cima do muro,

ninguém se importa,

ninguém quer saber.

Só fica importante quando passa na TV.

E não é em qualquer uma não!

Só conta a mais assistida!

Aquela que enxerga em preto e branco,

mas finge que é colorida.

Por isso mesmo, hoje coloquei a TV no mudo

tirei som tirei tudo!

Tô cansada desse blábláblá,

Tô mesmo afim de me desconectar…

Watch on bubbles-and-jujubas.tumblr.com

Despicable Me 2 - Meu Malvado Favorito 2 (by Alysson Wiinsch)

youtube

Will & Jaden Smith, DJ Jazzy Jeff and Alfonso Ribeiro Rap! - The Graham Norton Show - BBC One

Chá leão capím cidreira tem um rítmo alegre, simples, sem euforia. Carrega você numa levada fácil, leve, pacífica. Como trilha de filme com final feliz. Ou aquele refrão bobo que gruda na cabeça e faz você esquecer da correria. E como sorriso de criança, faz tudo ficar mais leve.

Nem suspeitavas então que, entre todos aqueles vultos indiferentes, havia um olhar que te seguia sempre e um coração que adivinhava os teus pensamentos, que se expandia quando te via sorrir e contraia-se quando uma sombra de melancolia anuviava o teu semblante. Se pronunciavam o teu nome diante de mim, corava e na minha perturbação julgava que tinham lido esse nome nos meus olhos ou dentro de minh’alma, onde eu bem sabia que ele estava escrito. E, entretanto, nem sequer ainda me tinhas visto; se teus olhos haviam passado alguma vez por mim, tinha sido em um desses momentos em que a luz se volta para o íntimo, e se olha mas não se vê. Consolava-me, porém, que algum dia o acaso nos reuniria, e então não sei o que me dizia que era impossível não me amares.

— 

José de Alencar,
cinco minutos, 1856