will topete

Sinto o cheiro do seu perfume no meu cabelo e me pergunto como ficou tão impregnado. O café está quente demais e queima minha língua, merda, isso vai doer o dia inteiro. Tem um doce de 2,50 à venda, pego em meus bolsos a procura de algumas moedas mas só acho uma nota de pagamento velha, e um pequeno pedaço de papel dobrado. Foda se, achei que já tinha jogado esse bilhete fora, nunca vi alguém mais cafona que sem nada pra fazer, escreveu dezenas de palavras clichês em papelzinhos e espalhou pelo meu apartamento, esse foi você. Tão diferente dos caras que já conheci, sem ser arrogante ou pretensioso, você ao contrário disso, tem a capacidade de ser totalmente ridículo. Com seu topete ridículo, o violão ridículo e esse sorriso sem graça que me dá vontade de rir e te beijar ao mesmo tempo. Sabe de uma coisa? Gosto do seu jeitinho, todo atrapalhado, bugado, confuso, ridículo porém incrivelmente irresistível.
—  Vigarismos
E o tempo todo eu me lembro de você, tudo me lembra você. Lembro de estar vagando pela faculdade esses dias, encontrei uma garota sentada no banco com as pernas cruzadas, uma calça jeans e roupa quase social, com aquele cabelo topete que eu tanto amava em você… ai, como eu gostaria que fosse você ali… Ela era tão você, era tão você. Ando pela rua e a todo momento vejo você por toda parte, parece que você não sai do meu lado nunca, você não sai da minha cabeça, do meu pensamento, dos meus sonhos, merda. Só conheço pessoas que amam Harry Potter e ficam falando dele, e ai me lembro de você, o quanto você adora ele e lembro de você, da sua foto com ele, da gente, você nunca some daqui. Parece que o destino não quer que eu te esqueça, seja lá qual razão for, ele não quer que você saia da minha cabeça, saia da minha vida, mas eu não sei o que pensar, muito menos o que fazer, então só me resta escrever. Tudo o que acontece na minha vida se resume a lembrar de você, deve ser por isso que minha vida sempre se resumiu a você, só você importava, só você me dava motivos pra ser feliz, pra me levantar todos os dias da cama, pra viver minha vida e correr atrás dos meus sonhos, que eram todos com você, agora eu não tenho mais nada, não tenho sonhos, perdi tudo, só não perdi uma coisa ainda, minha vida e eu não sei até quando eu ainda vou ter ela, porque essa dor é muito forte.
7

TWIN PEAKS • TUMBLR IRL • CHICAGO • JUNE 2, 2016

Our first Tumblr IRL in Chicago brought a true taste of the hometown, with an oversized replica deep dish pizza, a timely homage to the 90′s Bulls, Goose Island 312 and a hot dog stand. OH YEAH, AND TWIN PEAKS PLAYED TOO.

The band rocked the stage (it literally moved a foot during the performance) for an hour. Bae Cutler installed a visual scene, accented by Daniel Topete’s photo gallery, to bring the @twinpeaksdudes‘ Tumblr world to life. 

Special thanks to all the fans for hanging out all day and making the 30th ever Tumblr IRL a great one.

Photography by @danieltopetephoto. Visuals by @baecutler

The new album, Down in Heaven, is out now