vizualiza

E tudo que você vizualiza agora é aquela pessoa egoísta que se deixou sujar por completo a alma. 
Tudo que consegue sentir é nojo de cada centímetro de seu corpo.
Imagens que se tornan reais em tua mente. 
A indiferença desgastante de quem foi algum dia uma falsa ilusão de atenção.
Te trataram como quem não valia.
Deixastes que te usassem. De novo. E de novo. E de novo.
A história da tua vida menino.
Quantos anos me dissestes que tinhas?
Aprende a valorizarte. Você não precisa de mais idiotas passando na tua vida fingindo que querem algo ou que se importam.
Agora, e somente agora, a realidade recai em você, como quem se arrependeu de não ter deixado aquele ser o final.
Está doendo menino.
O que foi mesmo que aconteceu?
O que você espera que vá mudar?
Aquele pedaço de merda arrogante te traiu, te fez mal, te deixou deprimido de novo, te fez chegar a um ponto no qual nunca tinhas chegado na tua vida. Porque ainda queres aquilo?
Porque insistes na dor do que nunca deveria ter sido?
A verdade é que não importa mais.
A verdade é que você sempre vai odiá-lo por ter feito aquilo naquele primeiro de abril. 
E vai odiá-lo ainda mais por ter dito que te amava sem amar.
E a verdade é que isso nunca vai importar.
Tua vida agora menino, não tem mais que ser com ele se é que algum dia chegou a ser. 
Distrai-te; Movimenta-te. 
Volte a conversar com aquelas pessoas que sempre quiseram seu bem. Que mal faria?
Volte a viver, e deixe aquela merda apodrecer em seus próprios erros profanos.
—  Kyle Levitt