viva

“beyonce wrote that, didn’t she?”
“she’s a very talented poet, my dear.”

after drawing zack and angeal earlier, i really wanted to give these two a go? because they’re hysterical and i’ve never quite been able to figure out why i ship them as hard as i do, only that i do it in the most comical, 50s-style screwball way possible
also – automatically assume that this is related to this au, because it is

(semi-seriously considering doing a free commission for whoever manages to correctly guess which beyonce lyric genesis is quoting…)

nobody said it was easy…

so while i was in los angeles, len and i spent a whole lot of time coming up with a plethora of aggressively emotionally compromising headcanons and thoughts about these two for this au. needless to say, they’ve been on my mind (and i’ve been just a smidge depressed about it) and i should start writing a fic that explores their relationship in-depth… at some point in the near-ish future, haha.

i’m thinking zack is about twelve or thirteen here (as evidenced by small hands and general tininess), which would make angeal twenty-eight/twenty-nine. please note that in this au, angeal is zack’s godfather/primary guardian – no funny business going on here.

Namore um homem que coleciona livros, em vez de um cara que estufa o peito orgulhoso do último tênis que comprou. Um homem que te apresente sua biblioteca pessoal – mesmo que ela tenha duas pilhas com cinco livros – e não um cara que lhe exiba um carro. Namore um homem que guarda uma lista com os próximos livros que gostaria de ler, em vez de um cara que está indeciso sobre qual iPhone comprar.Encontre um homem que gosta de ler. Você irá reconhecê-lo facilmente. Ele terá a fala calma – não é que seja lerdo, mas ele sabe que é preciso escolher as palavras com cuidado. De antemão, esteja ciente: às vezes, ele falará tão alto que o casal do banco ao lado irá reparar em vocês; outras, você precisará colar em sua boca para compreendê-lo. Ele sabe que cada fala exige um tom. Não se assuste se ele ficar em silêncio de repente. Homens que leem sabem que há momentos em que é preciso calar. Aprenda a ouvir o que ele quer dizer com o silêncio.O homem que lê é aquele que toda vez para diante de uma livraria, que sempre está com um livro aberto na mão enquanto espera um café. Repare que sua xícara virá cheia de um café bem preto, de onde sai uma fumaça fina, convidativa. Talvez ele seja tão absorvido pela história que, quando se lembrar do café, não haverá mais fumaça e o líquido já estará frio. Isso será o de menos. Se ainda estiver curiosa, chegue mais perto das páginas e repare o que está escrito. Seja discreta, afinal, se ele perceber sua aproximação, certamente não hesitará em puxar uma conversa.Divida com ele uma segunda xícara de café bem preto.  […] Se você encontrar um homem que goste de ler, é melhor mantê-lo por perto. […] Um dia, vocês vão juntar seus livros e formar uma biblioteca enorme, vão se lembrar de personagens da ficção quando passarem por uma dificuldade econômica, vão ter um cachorro com nome de escritor e um filho com o nome mais estranho da escola. Aliás, ele vai perder noites com seu filho lendo Peter Pan, vai te trocar por Emília e Pedrinho e só vai retornar à cama quando o menino já tiver pegado no sono. Mas mesmo tarde, ele voltará à cama todas as noites, carregando um novo universo para te presentar. Namore um homem que lê porque você merece. Merece alguém que possa fazer você viver para além do cotidiano do trabalho, da casa, da família. Merece um homem que te dê todos os mundos possíveis. E os impossíveis. Merece um homem que te dê as melhores reflexões, as mais bonitas histórias de amor, as amizades mais verdadeiras. Se quiser o infinito, namore um homem que lê. Ou, melhor ainda, namore um homem que escreve.