viagem de barco

Pra ser sincera, eu estou ótima! Sabe, depois da nossa conversa eu fiquei bem melhor, porque estava me iludindo com algo que não era real, apenas uma fantasia da minha cabeça, o que dizer sobre isso né? Louco. Bom, eu ainda te amo, com toda minha força, sim, eu te amo. Mas não vou ficar remoendo isso, porque não é, e nem vai ser recíproco. Você é um cara raro, quem conseguir conquistar seu coração, vai ter muita sorte e ser muito feliz, e sinceramente te desejo tudo de bom, de verdade… E eu… Ainda tenho muito a aprender. Preciso aprender a querer somente o que me quer de volta. Vou levar um tempo, talvez um longo tempo. Vou continuar te amando, te querendo, te cuidando, mas de longe. De longe toda dor é menor, não é mesmo? Ou maior. Você sabe que não vai ser tão fácil assim, que eu simplesmente finjo pra não admitir que vou sentir muito. Mas é melhor fingir do que continuar remando contra a maré. E pra essa maré, meu amigo, eu não sou nem nunca vou ser um bom marinheiro, enquanto você sempre será essa correnteza forte que me empurra pra longe, quem sabe esse fato seja para que eu não me machuque mais, não é justo com nenhum de nós. Como falei, você é um cara raro, não se aproveitou dos meus sentimentos quando teve oportunidade, quando eu já lhe dava desembrulhado, era só sair e usar, mas não, você foi integro não pegando e estragando, quebrando, me deixando aos frangalhos. Espero que você encontre alguém que te mereça, e viu, torce por mim também. E não queira Deus que esse meu fingimento se infiltre e crie goteiras em mim, que meu barco não se desintegre voltando para a costa. Espero continuar sempre adiante, sem querer olhar pra trás. Espero que um dia ainda encontre algo recíproco, alguém que valha a pena, sabe, alguém que queira dividir comigo uma noite na praia, uma viagem de barco, um mergulho, um chocolate quente numa noite fria, um filme com pipoca e leite condensado. Espero de coração que chegue alguém que queira ficar, que não se vá quando a tempestade chegar, que fique pra segurar minha mão, enquanto isso, sigo em frente, me sentindo bem, e reaprendendo sobre mim a cada dia.
—  Escrito por Letícia B., Sara, Paula e Andreza em Julieta-s

Maria Madalena em Êxtase

Artista: Caravaggio
Criação: 1606
Localização: Coleção privada

Em julho de 1610, Caravaggio transpostava a sua obra “Maria Madalena em Êxtase” em uma viagem de barco. O quadro deveria ser entregue ao Cardeal Borghese,no entanto, o rastro da obra se perdeu com a morte do pintor. No decorrer dos anos, este quadro foi reproduzido por outros pintores, o que dificultou ainda mais a busca pelo trabalho original, mas, recentemente, pesquisadores supostamente descobriram a obra genuína de Caravaggio em uma coleção privada na europa.

vida é como uma viagem de barco, subindo e descendo conforme o balanço das ondas. Graças aos amigos, não se perde o horizonte. E quando se naufraga, a amizade é a âncora que te apoia enquanto buscas um novo rumo.