vemmalu

Meus mitos e verdades sobre a gravidez (e um pouco antes)...

Desde o dia que comecei as tentativas para engravidar, que demoraram apenas dois meses, até hoje, considero estes dois meses de tentante como os mais difíceis. Ser tentante é um mundo a parte. Ser tentante é fazer mil planos sem ter certeza de futuro, é frustração sem entendimento…eu, Graças a Deus, não passei quase nada por isso, mas posso imaginar a “dor” de quem tenta interminavelmente, que põe a prova sua fé, seu casamento, sua vida…tiro o chapéu para as tentantes. Embora o que eu escreva não seja refresco algum para sua alma, acredite: sua hora vai chegar e seu milagre, independentemente de como vier, vai completar sua vida para sempre!

Uma hora chega a sua vez e então você ve dois risquinhos e descobre que está grávida…no dia que eu descobri, estava em casa sozinha e na hora, veio um turbilhão de emoções. Claro que eu não acreditei e fiz mais dois testes, mas neste meio tempo, deu tempo de estar alucinadamente feliz e confusa ao mesmo tempo. Como assim, estou grávida? Tem um bebê na minha barriga? Eu bebi, tomei remédio..afe, quanta coisa eu fiz sem imaginar…e então você se prepara para contar pro seu marido, e corre pra fazer aquela surpresa que você já havia imaginado fazer há um tempão…e os segundos não passam…ele chegou em casa, eu contei a notícia com o exame e uma chupeta dentro de uma caixa. Ele sorriu, me abraçou forte e falou o quanto estava feliz! Ficamos alguns minutos “desacreditados” do que estava acontecendo e do que estava por vir…então ele entra no banho, e demora mais de 40 minutos. Eu, preocupada, bato na porta e pergunto se ele está bem. A resposta é certeira e me faz rir até hoje: “estou desesperado!!” Neste momento eu soube que lidaria com a estranheza de estar grávida e ainda ensinar ao marido que aquela nossa escolha estava se realizando para nos trazer mais amor e que todo este medo iria se converter em alegria e isso aconteceu!!!

Os primeiros 3 meses são a prova de que ser mãe é mesmo padecer no paraíso…rs. Você quer alucinadamente que sua barriga cresça e apareça, você acorda enjoada, dorme enjoada, não consegue comer direito e ao mesmo tempo está em um processo de mudança alimentar profundo, que precisa além de comer, comer bem. Você fica com aquela vontade de contar ao mundo que carrega um bebê no ventre, mas é preciso esperar os três meses pra contar a novidade…e você conta os dias, literalmente, para se ver livre destas 12 semanas onde há maior risco de aborto espontâneo. Neste ponto de espera, você já virou expert em gravidez, já está inscrita em todos os sites de bebês e grávidas, já sabe todas as lojas quer quer comprar os móveis, está PHD em semanas x tamanho e peso do bebê, e o apelida de acordo com a referência de verduras,legumes e frutas, que alguns sites demonstram para comparar seu tamanho: pepino, vagem, figo…

Você tem um milhão de palpiteiros sobre o sexo do bebê. Você tem uma opinião sobre o sexo, mas não fala nem sob tortura, com medo de errar e parecer ter puxado sardinha e magoar o bebê que está na sua barriga.

Sua barriga vive sendo acariciada por você, e mais meio mundo, que definiu que ela agora é pública. Eu, particularmente, sempre amei os carinhos na minha barriga e sentia através deste carinho, o amor que minha filha já trazia ao mundo. Mas confesso: me causa ainda certo incomodo, em receber estes carinhos do nada, por pessoas no meio da rua, que você nunca viu. Mesmo assim, continuo achando que isso nada mais é do que o amor e a alegria que um bebê traz ao mundo e que é capaz de estimular o amor de uma pessoa à outra, sem ao menos a conhecer.

Voltando aos palpiteiros do sexo, tem também as recém mães e as grávidas com a gestação mais avançada que a sua…conselho: escute todas as dicas!!! Elas sabem o que pode ser bom ou não, pois acabaram de passar por este processo. Não deixe de ser você mesma e de dar o seu toque em tudo, mas escutar “a voz da experiência” é muito válido. Ah, claro que isso serve para os conselhos de mães, tias, avós e sogra!

Junto disso tudo, um sono profundo, incontrolável, inconformado e pesado. E você precisa seguir trabalhando com a mesma intensidade…meus finais de semana foram de muitos cochilos (motivos de zuação do meu marido até agora), dormidinhas, esticadinhas…e como é bom. E como sair do terceiro mês, muda TUDO!

O quarto mês é a menina dos olhos da gestação. Milagrosamente o enjoo e o sono desaparecem e dão espaço a uma energia que você pensou que nunca mais fosse ter! Vontade de dançar, sair, passear, fazer TUDO ao mesmo tempo! Sua barriga começa a aparecer e você pode, finalmente, contar ao mundo que espera por um milagre!

Neste mês você já começa a comprar algumas coisinhas amarelas (caso tenha feito como eu e não tenha feito o exame de sexagem fetal), já está com a lista pronta de tudo o que precisa.

O bebê pode ainda não ter nome (o meu já tinha desde o dia que engravidei), mas já ganhou tantos presentes que você nem acredita!

Você já é tratada diferente pelas pessoas e muitas vezes acha um saco que o único assunto do mundo agora seja gravidez e bebês! Pois é, a maternidade me deixou mais feliz do que nunca, mas o assunto ser sempre SÓ este, me incomodou bastante…rs.

Neste mês você sente os primeiros chutes, se emociona e ri a cada vez. Eu, hoje, de 38 semanas, ainda morro de rir quando a Malu me dá bom dia! É um momento único!!! O milagre dizendo que está ali o tempo todo!

Então chega o quinto mês, aquele que te dirá se você espera por um menino ou uma menina. Em ultrassons anteriores os médicos já dão um palpite do sexo, mas a confirmação meeeesmo só vem depois do exame morfológico! No meu caso, Malu estava a caminho…Nunca tive o sonho de ter uma menina ou um menino, mas no momento em que você sabe o sexo do bebê, te dá a impressão de que naquele momento nada poderia ser melhor!

Bom, o mundo cor de rosa é um sonho e uma tragédia ao mesmo tempo! Um sonho por conta de taaantas opções de roupas, laços, sapatos, casacos…e uma tragédia não só pela vontade de comprar tudo, mas de saber que inevitavelmente, em certo momento da vida, sua filha vai querer usar aquela roupa com glitter das princesas e você vai ter que achar aquilo lindo! Rs.

O quinto mês, para mim, foi o mês das compras. Fechamos o quartinho, carrinho e tudo mais. Muuuuitassss pessoas, prestem atenção: Muuuuitas pessoas, me disseram que eu estava ansiosa e fazendo as coisas muito rápido, mas hoje, tenho certeza que elas estavam erradas e que o tempo foi o certo! Os móveis demoram para serem confeccionados, depois disso ainda tem a montagem, pintura do quarto e você PRECISA estar disposta e sem aquele barrigão gigante, para fazer tudo isso! Passados os 3 meses, não devemos mais ficar na “nóia” de perder o bebê, por isso, passado o risco, bora arrumar as coisas para a chegada deles, que passa rápido demais.

Neste quinto mês o seu marido começa a entender cada vez mais o que está acontecendo…rs. A barriga cresce, a criança já tem um quarto, ele será solicitado várias vezes para ajudar e o dinheiro começa a sumir da poupança…sim, é um muundo de dinheiro que vai…

Neste mês, a sensação de maternidade é a maior de todas.

No sexto e no sétimo mês a pilha já começa a falhar de novo, o sono reaparece, a azia, nariz entupido, inchaço nas pernas, preguiça…tudo começa a voltar como num passe de mágicas.

Sua barriga está linda, você tem o maior orgulho dela, dá vontade de passar a vida com ela, até a hora que você percebe que não tem mais roupa, mesmo! Que seus vestidos viraram blusas, suas blusas deixam a pança a mostra, nem seus sapatos entram mais no pé, sim, nem os sapatos kkkk e você está toda trabalhada no mesmo vestido , há meses…rs.

Nestes meses a barriga dificulta a dormidinha, as madrugadas estão divididas entre a cama e a privada. A bexiga está em constante iminência de explosão.

A esta altura, o quarto, pelo menos o da Malu, está quase todo pronto e você poderá descansar os últimos 2 meses!

Eu não me canso de dizer que a gravidez não tem nada de glamour, mas que é o momento mais sublime que já vivenciei até hoje!

Chegou o oitavo mês!!! A ansiedade bate na sua porta todos os dias, te lembrando que ela poderá nascer a qualquer momento a partir de agora…e você começa a sentir as contrações de treinamento e com a barriga gigante, levantar do sofá está praticamente impossível, o que te traz a sensação de que a hora está meeesmo chegando!

A esta altura do campeonato, você já lavou todas as roupas do bebê, já foi em uma consulta prévia com o futuro pediatra, já levou seus gatos tomarem todas as vacinas de novo, já fez a mala da maternidade umas oito vezes e já está pronta, prontíssima!

Mas eis que o oitavo mês demora, e você fica com preguiça de esperar, e resolve que precisa fazer a última viagem (perto, é claro) e dirigir bastante por aí, fazer despedidas de happy hour, reencontrar mil amigos….todos dizem que isso vai demorar a acontecer de novo e você se desespera um pouco!

Eu, atacada do jeito que sou, mesmo aceitando todos os conselhos, ainda não posso aceitar que eu e a Malu ficaremos 5 meses em casa! Então, estaremos liberadas para conhecer milhões de mundos novos tão logo ela tenha suas vacinas liberadas!

Dormir no oitavo mês é praticamente impossível…barrigão + ansiedade…afeeee!!!! Estamos na reta final!

A sua vida vai mudar drasticamente e, por mais que você escute todos os conselhos do mundo, enquanto não passar por tudo sozinha, não acreditará em todos eles.

Dei uma bela desacelerada no nono mês. Minha energia sumiu, andar e respirar tá difícil. A fome deu uma desaparecida e parece que fiquei mais calma..vai entender…

Ficar afastada do trabalho 15 dias antes de dar a luz, me parece a coisa mais sensata da gravidez! Não pelo fato de não trabalhar em si, mas pela reflexão e descanso do corpo! Sim, as grávidas ficam cansadas por qualquer coisa e isso não é frescura!

Meu marido deu um gás no nono mês! Tá mais feliz do que nunca e o assunto Malu nunca foi tão conversado entre nós, como neste último mês! Sim, os pais não sentem o mesmo que as mães e isso não é ter menos amor ou afinidade, é fisiológico! Já vejo as mudanças e vejo o quanto poderemos nos igualar em relação a Malu. Este é o mundo ideal para um filho: amor, carinho, amizade e cumplicidades incondicionais do pai e da mãe. É uma relação de 3 pessoas e não duas!

Malu vai nascer amanhã, de cesárea, devido a pressão alta que se instalou há 15 dias…rs. Nada grave, mas o sonhado parto normal foi substituído por um parto seguro para minha filha e para mim!

Tenho dormido feito pedra nestes últimos dias, ando tão anestesiada de imaginar que amanhã minha filha estará em meus braços, que estou mais calma do que nunca!!!

Ah, não posso deixar de dizer que eu tive todos os sintomas da gravidez. E por mais masoquista que pareca ser, eu adorei. É uma bela experiência ter passado por isso tudo.

A gravidez é divina, MESMO! O apoio do meu maridão (que vai ser o melhor pai do mundo), da minha irmã, minha mãe,minha sogra, minha tia, meus maiores amigos, minha família, foi essencial!!! Ter uma gestação repleta de cuidados e mimos faz toda a diferença!

Impossível agradecer tantas “vibes” positivas, tanto amor…

Amanhã, as 11h, Malu virá ao mundão nos trazer o maior amor do mundo, nos mostrará um lado que não conhecemos. Ficaremos acordados, cansados, e completos, completos de alegria!!!

Um agradecimento especial a minha irmã, tia e madrinha da Malu. Sem ela esta gestação teria sido mais bagunçada e com menos chororô! Obrigada por todo amor, paciência com emails intermináveis, idas a alo bebê, 25 de março, lojas e mais lojas, dicas, arrumação do quarto, boas vindas as terças, chorando juntas…obrigada por ter ficado com 50% dos meus hormônios da gravidez, fazendo com que eu chorasse menos…rs. Eu e a Malukinha te amamos sem fim!!!

Um agradecimento especial ao meu marido, meu anjo lindo, que me deu este momento tão especial, que aguentou algumas esquisitices da gravidez, que sempre esteve ao meu lado. Eu nunca estaria tão feliz, se engravidasse na vida e você não fosse o pai. Eu tenho certeza que a nossa vida mostrou o pai que você vai ser! Da amizade, carinho e preocupação com a Malu! Que vai mostrar ao primeiro menino que aparecer por aqui, quem é o macaco azul kkkkk

Você será o melhor pai do mundo! Você é o nosso maior amor!

Minha filha linda, venha com muita saúde, respeite os outros, seja você mesma, não seja egoísta, cultive os amigos, ria de tudo, ame sua família, brinque muito e dê liberdade para seus pais serem seus melhores amigos! Enquanto você estiver saudável e feliz, mamãe e papai também estarão!

Estamos te esperando de braços abertos, com todo amor que existe!

Bi

Malu chegaaaando!

Hoje apesar da noite anterior de dor constante e da pressão um pouco alta (por causa das dores), eu sai do pré natal feliz.
O Dr. Me examinou, fez os toques e disse que mais uns 3 dias nasce! O colo do útero esta relaxado e baixo,malu já esta encaixada e estou com 1 de dilatação! Tudo indica poucos dias para a chegada da nossa princesa..  Ele pediu pra eu retornar quarta feira agora caso ela não tenha nascido.. Agora é me preparar e aguardar! Sei que Deus esta no controle de TUDO, pq ontem eu pedi a Ele que me desse uma posiçao nessa consulta e foi fiel! ISSO É LINNNNNDO! <3

“SABEMOS QUE TODAS AS COISAS COOPERAM PARA O BEM DAQUELES QUE AMAM A DEUS!” Rm 8:28

Segunda feira as 6:30 am partindo para o pré-natal. Essa tortura de expectativa não acaba. Espero que hoje seja a última consulta!
39 semanas e 4dias :)
—  Agoraquesoumae
PRIMEIRO ALARME FALSO - 38 SEMANAS E 4 DIAS

O primeiro “sustinho” !
Não vou contar muito em detalhes porque afinal não foi tão doido assim.. Eu acordei de um coxilo da tarde e quando fui ao banheiro: um pequeno sangramento!

Não tinha tanto motivo pra ir ao hospital imediatamente mas estavamos atoa ai resolvemos itr. Cheguei la, uma médica plantonista super atensiosa.. Examinou tudinho ( ouviu coração-  fez toque tudo direitinho). Estou com 1 de dilatação e meu colo do utero esta começando a relaxar, a médica me aconselhou a qualquer coisinha voltar.. Ou seja, voltarei em breve e pra ganhar se Deus quiser!
Graças a Deus esta tudo bem mas logo logo será um alarme verdadeiro!!! rsrs

Que venha a maluzinhaaaaa!