vejos

O quintal amanheceu molhado, deve ter sido a história que contei pra Deus à noite passada, nem ele aguentou e desmoronou em lágrimas. Então ele mandou o sol, mostrando que, após à tempestade um novo dia irá surgir e, que todas as coisas iriam ficar bem de novo. E todos os dias ao olhar o céu, eu vejo esperança, vontade de viver, aproveitar cada segundo dessa vida passageira. E me sentir infinito toda vez em que eu olhar aquele céu estrelado e o brilho da lua em meu rosto.
—  Lucky-my In company of Clamaste

eu sei que não posso te culpar pelos meus medos e fracassos
não consigo ser forte o tempo todo
mas eu dei o melhor de mim
me tornei uma pessoa melhor
eu vejo o mundo
agora
com um olhar mais sereno
sem pressa
eu amava ficar te olhando devagarinho
quando a gente gosta de alguém
a gente se torna uma pessoa melhor
com mais empatia
eu não deixei meu coração morrer
o que eu sentia por você
não vai morrer nunca
eu entendo que nessa vida a gente junto não dá
e eu fico triste
tenho saudades
mas eu sigo…

Vou seguindo, com um pouco de fé, para um futuro bom e com muita frustração de um passado errado que vivi quando o assunto é amor. Sempre que olho para o futuro eu lembro do passado, meio confuso, mas real; é difícil acreditar em um futuro de conquistas, quando o seu passado vem cheio de derrotas. Muito difícil colocar fé num futuro melhor, quando todas as experiências falharam. E por mais que o lema seja “sofrer para aprender, para crescer, para melhorar”, eu não vejo melhoras. Cresci? Aprendi? Sim, para ambos. Mas melhoras? É como se uma derrota não bastasse, precisa de quatro, cinco, seis. É como se a vida continuasse a querer que eu aprenda, mesmo que eu já tenha aprendido. É como se a vida quisesse me lembrar, com meus erros e mágoas de que eu não sou mais criança. Ou talvez, ela queira passar na minha cara que não é mais uma brincadeira de casinha. Não sei se aprendi a crescer. Não sei se estou preparada pra um futuro onde carrego frustrações. Talvez eu pudesse me libertar, mas como? Como, se tudo que conheço são sequências enganosas, fajutas de sonhos que nem sei mais sonhar? Quem sabe estaria na hora de fazer novas jogadas, novas apostas, ter novos sonhos, para que, quem sabe, ter chances de não me frustar mais. Realmente, quem sabe é disso mesmo que preciso, não daquele crescimento e aprendizado de tentativas passadas, mas sim de um recomeço, abandonar esse barco e fugir em um bote, me aventurar em novas águas. Só não dá pra continuar arriscando em algo que há muito tempo já fui riscada de acertar.
—  Escrito por Cleidison, Isadora M., Ana Letícia e Paula em Julietário.
Relatos

Hoje foi um dia cansativo e entediante, como a maioria dos dias são.
Estava desanimada e para variar de mal humor, fazia tempo que as coisas não iam bem.
Estava cansada psicologicamente, conviver com as pessoas era algo cansativo , nunca me senti literalmente bem no meio delas.
Sempre me senti , fora do contexto como se ali não fosse meu lugar. Vejo as pessoas seguindo suas vidas, realizando sonhos e eu aqui colecionando expectativas frustradas e decepções intensas.
Comecei a chorar , precisava transbordar , antes que a dor me sufocasse.
Só queria ir embora, fazer uma lavagem cerebral e apagar cada decepção, cada lágrima .
E principalmente apagar você de mim.
Hoje não quero falar de você , hoje vou falar de mim.
Das minhas dores , das minhas feridas.
Se eu pudesse pedir algo para Deus , pediria um recomeço , um novo coração , porque o que existia do meu a dor já matou.

Fala galera, aqui quem fala é Gustavo ou como prefere a minha mulher (digníssima dona desse tumblr maravilhoso), Luís (meu primeiro nome). Então, eu vejo tudo por aqui, as vezes nem preciso vim aqui ver, porque eu e ela compartilhamos tudo e ela acaba me mostrando até mesmo antes de responder. Aos incomodados, sim, sinto bastante ciúme da minha namorada, mas se vocês soubessem como ela me trata quando to com ciúme, vocês diriam que sou um cara de sorte. Ela é maravilhosa comigo, sempre foi, desde antes de nós namorarmos e ela me trata tão bem e melhor ainda quando to com ciúme, com birra ou qualquer outra coisa. Eu sinto raiva sim de quem da em cima dela, fico assim porque ela merece respeito, então vocês que dão em cima dela ou que ficam querendo nos jogar um contra o outro, se nao querem me respeitar, mas respeitem ela, porque essa garota é digna de todo respeito e felicidade desse mundo. Por favor, parem de pedir minhas redes sociais, minhas fotos, porque ela tem ciúme de mim e não vai passar e eu não gosto de passar coisas pessoais aqui no tumblr porque a maioria das pessoas daqui são falsas e fingem querer o bem do próximo quando, na verdade, visam o próprio bem. Aos que torcem por mim e por ela, eu agradeço de coração, se eu pudesse convidaria cada um pro nosso casamento, que já está bem perto de acontecer. Agradeço a atenção de vocês e quem se dispôs a ler até o fim.
PS.: A vocês que vão vir aqui falar que ela tá inventando um namorado ou que foi ela que escreveu isso, porque sei que vai ter alguem idiota o bastante pra se esconder através do anonimato pra vim falar merda, só lamento por ter um coração tão ruim a ponto de querer tirar uma parte do seu tempo pra insultar outra pessoa. E se isso não for o bastante, sabem qual é o meu tumblr, é só me procurar que eu resolvo e deixem minha mulher em paz, porque ela merece so coisas boas e ler coisas que a fazem bem, porque é isso que ela faz pelas pessoas.
-
E amor, eu te amo mais que tudo nessa vida. Obrigado por ser tão maravilhosa comigo, por ser a melhor namorada e noiva que eu poderia ter encontrado ❤

Eu gosto da nossa rotina, das nossas piadas, dos nossos silêncios, das nossas reticências, das nossas risadas. E gosto, também, das nossas brigas. A gente aprende com elas. Eu descubro mais sobre você e conheço outras partes minhas. Aquelas partes que a gente não mostra por vergonha. Reconheço o som do meu grito, vejo minha cara de raiva e meu olhar que assusta quando algo incomoda. E te percebo por inteiro. Seu tom, sua reação, sua ação. Suas verdades, nossas mentiras. E assim a gente vive junto, passando por obstáculos, derrubando o que vem pela frente. E assim vamos ficando mais amigos, mais amantes, mais enrolados um com o outro.
—  Clarissa Corrêa.
Por mais que nossas diferenças não suportem cinco minutos juntas numa mesma mesa de bar, por mais que o meu ego entre em temperatura máxima toda vez que se trata de você e minha paciência não dure nem uma carga de 100% ao seu lado, eu ainda te escolho. Porque o seu abraço é o encaixe perfeito e nele eu encontro todo a segurança que nem a força tática é capaz de proporcionar e as suas mãos delicadas deslizando sobre meu cabelo é a poesia mais pura e sincera do que um recito do luis de camões. E ainda consigo encontrar a paz que está perdida no mundo quando olho nos seus olhos castanhos e vejo na profundidade deles a toda a bondade que existe dentro de ti. A minha melodia favorita se tornou sua respiração quando deito sobre seu peito e escuto ela ofegante, minha vontade é de colocar no repeat mil vezes e ficar ali pro resto da vida sentindo sua calma. Até as brigas que sempre duram no máximo um intervalo do telecine são perfeitas porque sua cara brava e quase-mal-encarada é a única que eu quero ver pelos próximos 100 anos. Eu ainda escolho você porque não a nada nesse mundo que me faça tocar as estrelas como você me faz. E pra sincero, eu sempre quis ser astronauta.
—  Pedro Pinheiro.
Olho para trás e vejo, quantas pessoas se passaram em minha vida, quantas pessoas bagunçaram meu coração, e quantas deixaram marcas e cicatrizes. E aí paro e penso, será que alguma pessoa vai chegar, arrumar e organizar essa bagunça toda? E o principal de tudo, permanecer, porque de idas e vindas, de chegadas e partidas, não sei se aguento mais isso.
—  Alef Santos.
Mergulhe nos sentimentos. Aprenda com eles. Molde seus pensamentos de forma com que seus sentimentos não sejam massacrados por eles e vice-versa. Descubra emoções. Mas jamais ache que todas as sensações da vida são sobre o amor. Nos filmes românticos, nos livros clichês, nos poemas que lemos por aí, o amor supera tudo. Mas na vida você se destrói. Na vida, você passa mais tempo stalkeando nas redes sociais do que pesquisando destinos do mundo para conhecer e eventos pra ir. Na vida, você cogitaria desistir de uma universidade pública ou de uma oportunidade de emprego longe pra não se afastar do seu amor. Na vida, você passa mais tempo se dedicando a tentar ser correspondido adequadamente do que se dedicando à própria felicidade. Ache tudo aquilo que tira seu fôlego. Encontre o frio na barriga em diversas situações. Mas lembre-se sempre de não entregar isso tudo nas mãos de uma única pessoa. Pule do alto de uma cachoeira, atravesse seu país de trem ou ônibus, valorize todos os seus amigos, convide seus pais para jantar, vá em todos os festivais de música que puder, deixe a loucura te invadir por dentro, evolua em busca de uma carreira que te proporcione conforto e estabilidade para viajar o mundo todo. Mas nunca deixe sua vida parar por uma pessoa, principalmente se ela não colabora com os teus sonhos. Principalmente se ela te cegou de que um dia você teve sonhos. “O amor é lindo e o amor é tudo.” - disseram-te a vida toda, e você acreditou. Acreditou e afastou teus amigos, esqueceu teus desejos, investiu menos na tua carreira… e de tanto amar, não se amou.
—  João Pedro Bueno, Sabedorias.
E sempre acabamos escrevendo sobre a dor ou sobre o amor. Não importa como um livro, texto ou uma vida comece ou termine, vai chegar um ponto em que o amor vai estar nas suas frases ou a dor nas suas entrelinhas, não percebemos mas tudo o que se escreve e já se escreveu esta ligado a uma dessas duas palavras, esse próprio texto aqui pode ser pelo amor a escrita ou pela dor de escrever. Afinal quem ama sente-se grande, acredita ser capaz de escrever um livro sobre suas insanidades platônicas e quem sofre, crê ser um legítimo Bukowski ou a própria Tati Bernardi. Não os vejo, não julgo nem os desmereço, pois os conheço apenas pelo que sentem, explicito em suas entrelinhas.
—  Simone Ribeiro.