tumblr-textos

Eu queria te pedir desculpas por tudo aquilo que não fiz enquanto tive tempo, queria te pedir desculpas por todas as vezes em que eu não disse que te amava, por todas as vezes em que eu não soube demonstrar isso pra ti. Confesso que dói, dói ter que conviver com isso, dói ter que apenas me contentar com as lembranças. Dói saber que nunca mais irei ter teu abraço. Tem dias que é difícil levantar da cama e saber que ao sair do quarto eu não irei te encontrar ali, é difícil ter que sorrir pra dor e a saudade e não sentir o coração desejar que você estivesse aqui.
—  Mateus Abreu.
Déjame
    saber cuándo
                  te quieras ir.
Y te quedaste ahí, parada, estática, sin saber a dónde ir, dejaste de creer, dejaste de soñar.
Quería gritar.
Quería gritar todo lo que sentía.
Hacerles saber lo que pienso.
Lo que me hacen sentir.
Tal vez, un poco de empatía,
los haría entenderme,
o los haría llorar.