tua julieta

Eu sei como é difícil encarar todos esses problemas e ainda por cima tentar parecer forte. Eu sei como dói segurar o choro pra ninguém pereceber que você está mal. Eu sei que o seu coração está machucado e partido em mil pedaços. É complicado. Eu entendo que essa sua postura fria só é um modo de proteção. É sério, eu te endendo, eu já passei por isso. Eu queria poder tirar toda essa dor que você sente, mas infelizmente não dá. Só queria que você soubesse que com o tempo tudo isso vai amenizar. Pode parecer uma besteira mas é verdade. Agora, o que não pode acontecer é você ficar trancada dentro do quarto ouvindo músicas deprimentes por um longo tempo. No começo tudo o que a gente quer fazer é isso mesmo, e eu acho que é certo. Até porque, você tem que passar por tudo isso pra conseguir superar essa dor de verdade. Você tem que passar por todas as etapas de recuperação. Mas essa é só a primeira. Depois que essa fase passar, você tem que levantar dessa cama e perceber que nem tudo na vida acontece do nosso jeito. Você tem que aprender a conviver sozinha. Você tem que aprender a se amar, pra depois quando encontrar a pessoa certa, ensiná-la a te amar. E não adianta ficar procurando em todo lugar essa pessoa, porque quando menos esperar a vida irá te surpreender. Aprende menina. Aprende que você tem que lutar pelas coisas. Aprende que você não pode virar uma mera espectadora dessa peça chamada vida. Você tem tanto potencial pra brilhar […] Não precisa ser plateia, se você pode ser protagonista. Não deixe que isso escape das suas mãos. Vamos, corre atrás. Mas só do que realmente vale a pena. Não perca seu tempo com o que te fará mal. E se você cair de novo, lembre-se que há sempre uma pessoa pronta pra te socorrer e te ajudar a levantar. E quando você conseguir, repita todo esse processo novamente. Até você se tornar forte o suficiente para se levantar sozinha.” — (tua insensata julieta)

Eu já nem sei por que insisto em escrever tudo o que eu sinto em relação à você. Afinal, são as mesmas coisas clichês de sempre que não fazem nenhum sentido. As mesmas tentativas em vão de me desculpar e como sempre um pedido inútil para você se importar. Percebi que nada do que eu disser vai mudar o que você sente por mim. E eu sinto muito mesmo que a gente não dê certo, porque a única coisa que eu quero é te fazer feliz. Já faz um tempo que eu espero nem que seja uma ligação sua. Toda vez que meu telefone toca, eu sinto um arrepio desde o meu dedinho do pé até o meu último fio de cabelo. Tudo em vão. O seu nome nunca aparece na tela do meu celular. E eu penso que talvez – apenas talvez – seja hora de deletar você da minha agenda e te jogar para fora da minha vida. Nada disso vai adiantar, pra falar a verdade não vai fazer nenhuma diferença. De dia eu posso até tentar ocupar a minha cabeça com outros assuntos, mas quando anoitecer eu sei que você vai assombrar os meus melhores pesadelos. Querendo ou não, no fundo eu e você sabemos que eu nunca vou te superar. A verdade é que quando o assunto é nós, eu sempre vou ter esperanças. Nem que seja de 0,0000001% que tudo dê certo. Porque desde o primeiro momento que você apareceu na minha vida tudo o que eu desejo é isso. Os meus pedidos são sempre os mesmos. Que algum dia você note que eu sempre estive aqui e que eu faria qualquer coisa para te fazer feliz. Eu deixaria de ver o meu filme de romance preferido para ver aquele de terror que você gosta. Eu escutaria na rádio aquelas músicas deprimentes que fazem o seu estilo. Deixaria de sair em um sábado à noite para ficar abraçada com você. Eu usaria aquele moleton azul marinho gigante que eu odeio, mas que você acha que fica bem em mim por eu ser tão pequena. Eu deixaria de comer as minhas besteiras para ir no seu restaurante japonês preferido. Largaria absolutamente tudo só pra ficar ao seu lado. Mas infelizmente isso não é o suficiente. Mas tá tudo bem, eu juro que entendo o seu lado. Afinal, é muito difícil amar uma menina tão complicada como eu. Com as minhas idiotices e manias que ninguém entende. Eu só queria que você soubesse que esse seu silêncio grita alto demais. Esse monólogo que existe me machuca muito. E mais uma vez eu estou aqui quase te implorando que se importe nem que seja um pouco comigo. Provavelmente tudo em vão. Eu prometo que essa será a última vez que eu te peço isso, mas por favor, não me esquece. Eu odiaria saber que daqui a alguns meses ou até dias, eu não passarei de só mais uma na sua vida. Porque você sempre vai ter um lugar especial no meu coração. (tua insensata julieta)