trollagem

One Shot com Louis Tomlinson

Pedido: Faz um do Louis que ele trolla ela pra algum programa falando que ele engravidou outra menina e ela surta muito, ela também é famosa

Obs: aqui está, espero que goste❤

 

Eu estou muito ansiosa!! Hoje, é a primeira entrevista solo do Louis.

-Amor, podemos conversar rapidinho? -já estávamos no estúdio, então Louis me puxou para seu camarim, para termos mais privacidade-

-Louis, tem que ser agora? O programa já vai começar!

-Eu sei… mas é que eu realmente preciso te falar uma coisa, antes que você descubra por outra pessoa… -ele parecia nervoso e triste. O olhei com dúvida-

-Aconteceu alguma coisa? -o puxei para um pequeno sofá que havia ali e nos sentamos-

-Bem… Sim… -ele olhou pra baixo- é que eu… -Louis respirou fundo algumas vezes, dando uma longa pausa-

-Amor… pode falar! -ele me olhou com os olhos úmidos-

-E-eu te… -suspirou mais uma vez- eu te trai SeuNome…. me perdoa…. -meu coração parou por alguns segundos-

-Você o que? -tentei manter a calma-

-Lembra aquele dia que eu disse que ia sair com os meninos? -afirmei com a cabeça- então, a gente foi até um pub e nós bebemos muito. Ai eu conheci uma menina e… aconteceu

-Aconteceu. -repeti não acreditando- COMO VOCÊ PODE DIZER QUE “ACONTECEU”?? QUAL O SEU PROBLEMA?

-Desculpa amor… foi um erro enorme, e eu estava completamente fora de mim…

-NÃO, VOCÊ NÃO ESTAVA! -levantei do sofá irritada- DESDE QUANDO QUE VOCÊ BEBE E PERDE O CERÉBRO?

-Amor eu juro… eu não queria ter feito isso…

-ENTÃO POR QUE FEZ? -acho que eu gritei um pouco alto demais. Respirei fundo- quem é a piranha?

-Não importa quem é babe, eu só…

-Quem. É. A. Piranha? -o cortei e disse pausadamente-

Ele murmurou alguma coisa, mas foi tão baixo que eu nem consegui ouvir.

-FALA DIREITO LOUIS!

-FOI A CHERYL, TA FELIZ? -ele só pode ta brincando-

-NÃO LOUIS, EU NÃO ESTOU FELIZ!! EU NÃO ACREDITO QUE VOCÊ ME TRAIU COM A CHERYL, A CHERYL COLE, NAMORADA DO LIAM!!!!!!! -ele ficou quieto- COMO VOCÊ PODE FAZER ISSO COMIGO? COMO VOCÊ PODE FAZER ISSO COM SEU AMIGO, QUE ESTÁ ESPERANDO UM FILHO DELA!

-Então… isso é outra coisa que eu queria te dizer….

-A deixa eu adivinhar!? O bebê não é do Liam, é seu! -disse em tom de deboche e ele apenas abaixou o cabeça- eu não acredito -ri nervosa- EU NÃO ACREDITO LOUIS WILLIAM TOMLINSON! EU APENAS NÃO ACREDITO! -as lágrimas já rolavam soltas pelo meu rosto

-Amor eu já disse que estou completamente arrependido, até por que eu estou te contando isso! Eu me sinto tão horrível e…

-CALA A BOCA! -o cortei novamente e dessa vez ele arregalou os olhos- PARA COM ESSE PAPINHO RIDÍCULO! VOCÊ NÃO TA ARREPENDIDO COISA NENHUMA, PORQUE QUEM AMA NÃO TRAI! -comecei a andar de um lado pra outro, completamente nervosa- E POR ACASO O LIAM SABE DISSO? -parei de andar e o encarei-

-Ainda não… -ele disse baixo-

-Quem bom né? QUE ÓTIMO!! -comecei a respirar fundo milhões de vezes- quer saber? -disse UM POUCO mais calma- eu ia te contar depois da entrevista, mas acho que posso falar agora. Eu estou grávida Louis, e diferente de você, esse bebê pertence a quem eu namorei por dois anos. DOIS ANOS DA MINHA VIDA EU FUI ILUDIDA! E AGORA, EU POSSO ATÉ TER PERDIDO ESSE BEBÊ, POR QUE DO JEITO QUE VOCÊ ESTÁ ME FAZENDO PASSAR NERVOSO, EU DUVIDO QUE ESSA CRIANÇA ESTEJA BEM! MUITO OBRIGADA! -eu gritei tão alto a última frase que meu corpo não aguentou e eu cai de joelhos no chão-

-Meu Deus, SeuApelido! -Louis correu desesperado até mim e se ajoelhou, me abraçando forte- me perdoa por favor, eu não quero que nada de ruim aconteça com nosso bebê -ele começou a chorar- eu te amo muito, você sabe que eu nunca faria uma coisa dessas com você, foi tudo uma brincadeira! Olha ali -ele apontou pra um canto da parede de eu segui seu dedo com os olhos- tem uma câmera escondida ali SeuApelido, por favor me perdoa! -depois do seu discurso desesperado ele respirou fundo-

-Calma ai, Louis! Eu sei que é brincadeira! -comecei a rir-

-O que? -ele estava em choque-

-Eu sei que é brincadeira, por que eu também fiz uma pegadinha com você! -eu não conseguia parar de rir- eu não estou grávida Louis!

-Eu não acredito que você fez isso comigo… COMO VOCÊ SABIA? -Louis se levantou nervoso-

-A Ellen me contou, enquanto você estava no banheiro, ai nós armamos uma pegadinha contra a sua pegadinha! -levantei e ele me olhou com um olhar mortal e em seguida olhou para a câmera escondida-

-Você me paga Ellen! Você e a dona SeuNome! Eu realmente acreditei…

-Por que você acha que eu sou atriz? -ri- mas confessa, isso foi ótimo!

-Não, não foi! -ele cruzou os braços como uma criança birrenta-

-Awwn tadinho do meu bebê! -o abracei-

-Pelo amor de Deus, não mencione mais essa palavra! -comecei a rir novamente-

-Eu te amo meu bebê! -ri e lhe dei um selinho, mas ele não correspondeu e continuou com os braços cruzados-

-Aham, sei! -ri novamente e o puxei até o estúdio, para ele dar a entrevista-

——————————————————————————————————————————

HELLOOOO!!!

E ai, o que acharam desse one shot?

Espero que quem me fez esse pedido não ligue que eu tenha “mudado” um pouco digo,por fazer uma trollagem com o Louis …eu fiz assim pq já tem um one shot bem parecido aqui entããããoooo…. 

dailymotion

A MELHOR TROLLAGEM DO MUNDO 😂

"Porque trollar o ser humano alheio é uma arte"

Ué, já não existe sorvete de menta, chocolate de menta, bala de menta… Essa pode ser uma deliciosa combinação…Bolacha de menta (levando em consideração que a pasta de dente padrão tem gosto de menta), além de matar a gula, mata os germes!!

Quer melhor jeito de avisar que você chegou em casa?

Para os Workaholic que não gostam de perder tempo para necessidades fisiológicas!

Isso sim é um verdadeiro doce Pavê!

Se alguém ganhar algo assim, deve pensar que “cavalo dado não se olha os dentes” e de que você nunca deve ficar triste por um presente, fique feliz porque pelo menos você ganhou um.

E, sinceramente, eu acho um eyepad MUITO mais útil que um Ipad, simplesmente pelo fato de que se você tem uma infecção no olho você pode morrer por isso, agora se você Não tiver um Ipad você não vai, necessariamente morrer, e se você tiver um você pode ser altamente mal influenciados por essas mídias  ficar viciado, perder a noção da realidade por causa de alguns aplicativos, ser assaltado e perder a vida porque os bandidos quiseram ser iPad e você reagiu ou gastar seu dinheiro em coisas inúteis da Apple Store…enfim várias coisas malignas que fazem um eyepad ser mais útil e eficiente do que um Ipad!

Como se no mundo não tivesse gente indecisa sobre que banheiro usar…se é que vocês me entendem!

Isso sim é um verdadeiro controle de telefonia… A TIM, OI, VIVO, CLARO, GVT e NET não aprovam esse tipo de brincadeira.

Este é a verdadeira tecnologia verde!

Essa é pros esquecidos…

Ding Dong…É a Pizza…

Na constituição não diz nada sobre utilizar os serviços de transporte para este tipo de coisa…Imagine fazer isso as seis horas da tarde em horário de pico?

Escritório Sustentavel

Ammhh, sem comentários…

Quase um jogo de campo minado!

Tava imaginando outra coisa?

Para os dias de sol e chuva!

A ELMA CHIPS aprova este tipo de brincadeira…

Huum…nada como uma sobremesa antes de começar a trabalhar!

Ué, vai que ele gosta mesmo!

Ciranda cirandinha, vamos todos cirandar…Me lembro isso!(não sei porque!)

Definitivamente, depois de comer uma dessas, seu bafo não vai estar nada bom para algo romântico, tal como a “maçã” do amor sugere!

É, esse é filha da putagem mesmo!

Imagine - Harry Style

Como hoje é dia do escritor, queria dizer parabéns a todos que escrevem Espero que gostem! Beijos

Pedido: oii faz um do harry que ela é uma youtuber famosa, e eles se conhecem quando ela vai fazer uma entrevista divertida com ele, e ele fica encantado nela (ela é brasileira) dai eles acabam virando amigos, mas um tempo depois ele se declara pra ela e eles assumem o namoro num video super fofo no canal dela. Espero que tenha dado pra entender, bjobjo


“Oi, gente! Tenho que contar uma novidade a vocês: vou entrevistar Harry Styles!” Disse animada para a tela do meu celular. “Isso mesmo que vocês ouviram. Estão terminando de montar o equipamento e colocando o microfone nele, em seguida, vou conhecê-lo!”. “Me mandei perguntas legais que vou escolher algumas. ” Enviei os Stories e em seguida meu Instagram borbulhava de mensagens.

- (S/N), vamos? – Alex, meu amigo europeu, me chamou, fazendo com que eu tirasse os olhos do celular.

Harry já estava sentado e franzia a testa para mim; óbvio, eu estava falando português. Meu canal no YouTube é brasileiro, mas vim morar e Londres a dois meses, graças a uma oportunidade incrível de trabalho. E, com muita sorte, outras vieram, como entrevistar Harry.

- Oi! – Disse em inglês. – Eu sou (S/N), vim entrevista-lo sobre o filme. – Ele sorriu e concordou. – Podemos começar?

- Claro!

- Eu vou falar em português no início, mas apenas vou apresenta-lo ao pessoal, por mais que eu saiba que eles te conhecem. – Harry riu e concordou com a cabeça.

Olhei para Alex, que estava encarregado da câmera, e ele fez um “joinha” com o dedão.

- Pessoas lindas! – Sorri para câmera. – Como eu contei para vocês lá no Story do Instagram, estou aqui com Harry Styles para gente conversar um pouquinho sobre o filme em que ele participa; no finalzinho vão ter algumas perguntas que vocês fizeram. Vamos lá? – Olhei para Harry que concordou com a cabeça.

- Então, Harry, pode nos contar um pouquinho como foi atuar? – Perguntei a ele, em inglês.

Durante algum tempo falamos apenas sobre sua carreira, família e planos para o futuro.

- Agora, vamos para a parte divertida! – Ele sorriu e esfregou uma mão na outra. – Pedi perguntas para o pessoal que me acompanha e que, provavelmente, são seus fãs.

- Vamos lá, estou pronto! – Ele se inclina para frente.

- Harry, descreva a sua vida em três palavras.

- Louca, louca e louca. – Ele coça o queixo. – É, isso mesmo.

- Uma coisa que você mais sente falta?

- A banda.

- Nós também – Ri.

- Você nos acompanhava?

- Claro que sim! Vocês eram trilha sonora de todos os meus vídeos. – Ele solta um uau baixinho e ri. – Um desejo?

- Construir uma família.

- Maior vergonha que você já passou?

- Dizer o nome do lugar onde eu estava me apresentando errado. – Rimos. – Não! Quando Liam abaixou minhas calças, imagine se eu estivesse sem cueca! – Ele coloca a mão no peito e faz expressão de choque.

- O que você diria para a pessoa que está na sua frente? No caso, acho, que eu… – Rimos.

- Nossa, que linda! – A câmera me foca em seguida e eu sinto minhas bochechas corarem.

- Uau, direto! – Ele ri alto. – Bom, nosso tempo encerrou. – Fiz cara triste. – Espero que tenham gostado! Um beijo para vocês e até a próxima! – Mando um beijo para a câmera e Alex sorri.

- Obrigada, Harry! – Levanto indo abraçar ele. – Posso tirar uma foto com você?

- Claro, mas só se me der seu número. – Ele dá uma piscadinha.

- Tudo bem. - Sorrimos para o celular que mostrava nos dois na tela.

- Obrigada! – Ia me afastar, mas Harry me segura pelo braço.

- Seu número…

- Ah, é!

Depois de passar meu número para ele, Alex e eu fomos embora.

Harry passou dias conversando comigo. As vezes por que estava sozinho, ou em um voo, ou só queria conversar. Nos tornamos amigos ao ponto de conversar sobre tudo.

Podíamos ir no cinema hoje. O que acha? Estou na cidade. “

“Estou editando vídeo :( “

“Então vou na sua casa! Levo pizza. ”

Está bem! É na 49 Street. Número 15. “

“ Até mais. XX”

Depois de receber a última mensagem, fui tirar o pijama e colocar um jeans como uma camiseta. Lavei o rosto e prendi os cabelos. Eram oito da noite quando Harry chegou. Uma caixa de pizza embaixo do braço e um capuz na cabeça.

- Você pode se passar por um sequestrador fácil, fácil. – Sorrio e o abraço em seguida.

- Eu sei.

Ficamos até tarde e eu acabei me esquecendo de editar o vídeo. Ou seja, minha noite seria mais longa que o normal.

- (S/N)?

- Alô? Quem fala?

- É o Harry! Você ainda estava dormindo? – Tiro o celular do rosto e olho a hora. Três de trade.

- É, fui dormir tarde.

- Quer dar uma volta. Estou de saco cheio de ficar em casa. – Ele bufa.

- Você pode sair de casa? – Pergunto.

- Claro que sim! Ainda não sou um procurado do FBI.

- Ah, que ótimo!

- Passo aí em meia hora. Tchau!

Depois de ter o telefone desligado na minha cara, levanto. Tomo uma ducha, visto a primeira roupa que encontro e espero Harry na rua. Enquanto ele não chega, faço uns Stories idiotas e libero o vídeo que me custou a noite de sono.  

Harry chegou em um conversível que eu nunca imaginei ser seu.

- Onde vamos? – Pergunto depois de o cumprimentar e ele arrancar o carro.

- No Green Park.

O parque mais lindo de Londres que eu havia ido. Estava maravilhada. Caminhamos por algum tempo e Harry me arrastou para um banquinho.

- (S/N), eu te trouxe aqui, por que quero conversar com você. – Ele passa a mão pelos cabelos. – Eu me encantei por você. Sério mesmo! Você estava toda linda me entrevistando e sorrindo o tempo todo; ontem você conversou comigo tão interessada, não só ontem, né?! Mas, sei lá, estou me apaixonando. Sério. Você… você quer sair comigo. Tipo, para a gente namorar um pouco. Eu queria tanto beijar você. Estou parecendo um tarado…

Antes que ele dissesse mais alguma coisa, o puxei pela gola da camisa que ele usava e o beijei. Ambos suspiramos quando esse contato ganhou mais intensidade.

- Só tenho que arrumar a câmera. – Disse a Harry.

- Pessoas lindas! – Comecei em português. – Olha quem veio aqui de novo. Temos que contar uma novidade para vocês.

- Você vai botar legenda, né?! – Harry pergunta, me interrompendo, e eu concordo com a cabeça. – Gente, eu me apaixonei por essa mulher! De primeira. Vocês que já tiveram oportunidade de conhecer ela, sabem o quão incrível ela é. Quão fofa e única. E por saber que ela ama vocês demais, decidimos contar primeiro para vocês, que estamos juntos. – Harry segura minha mão que estava apoiada em minha perna fora do enquadramento da câmera.

- Ele me pediu em namoro ontem. – Sorri envergonhada.

- Mas como vocês podem ver no vídeo em que ela me entrevistou, eu já estava babando por ela a algum tempo.

- Idiota! – O cutuco com o cotovelo e ele beija minha testa.

- Era isso, pessoas lindas! Queríamos contar isso a vocês…

- Já adianto, vai ter muita trollagem e vídeo com ele.

- Sério? – Ele arregala os olhos para mim.

- Sim! Ah, e pessoal, semana que vem tem uma semana inteirinha de volg. Comemoração do nosso terceiro ano com o canal! Beijos e até domingo.

Bangtan React: Após uma briga por ciúmes.

Espero que tenha ficado bom e que tenha atingido as expectativas da autora do pedido. Eu gostei bastante de escrever ele - apesar de já estar reescrevendo pela terceira vez devido aos bugs aleatórios do Tumblr - e espero que gostem de ler também.

Desculpem pelos erros. Boa leitura! :)



♦Kim Seokjin♦

O motivo da briga para você podia ser bem idiota, mas para Jin não. Ele simplesmente odiava quando você usava vestidos mais decotados, curtos ou coisas do tipo quando saim juntos. Não por puro ciúmes, ele confiava muito em você, mas não nos homens que estariam na festa, ele não queria ter que te fazer suportar e nem precisar enfrentar todas as piadinhas machistas que já imaginava naquela festa. E quando você insistiu que queria mesmo ir com aquele vestido decotado e bastante chamativo, Jin explodiu.

Após a briga, você se isolou no quarto, deixando o mesmo na sala que logo foi bater na porta do quarto a procura de desculpas.

– S/N, abra a porta, por favor! – Bateu na porta mais uma vez, esperando você abrir e o deixar entrar. – Me desculpe, ok? Eu devia mesmo confiar mais em vo-

É interrompido com a porta a sua frente se abrindo, o permitindo lhe fitar nos olhos, afim de demonstrar ainda mais sinceridade no pedido de desculpas.

– Desculpe você, oppa. Eu sei que deve ser ruim para você…

– Então nós dois se desculpamos. Vamos? Ainda dá tempo de irmos a festa. E não precisa trocar de roupa, está linda assim, só tente não sair de perto de mim durante a festa.

Ele beijaria sua testa e vocês sairiam rumo a festa.


♦Min Yoongi♦

Por mais que ele realmente sentisse ciúmes, ele nunca demonstraria muito, apenas olharia com atenção o motivo de seu ciúme e guardaria para sí. Mas, ter trago um amigo do Brasil para sua casa não colaborou muito com essa “técnica” de Yoongi.

Quando ele chegou o menino já estava na sua casa, vocês dois estavam na sala, falando em português sobre assuntos aleatórios.

– Trouxe um amigo, S/N? – Perguntou já entrando na sala e sentando ao seu lado.

– Sim, sim! Sou um amigo do Brasil. Ela me falou muito de você. – O tal amigo responde, sorridente.

– Pra começar, minha pergunta foi para a S/N, – Ele fixa um olhar frio sobre o do garoto, deixando mais que claro que não queria ele ali. – E espero que você já saiba que eu sou o namorado dela, e que não vou tolerar nenhum tipo de ceninha entre vocês dois.

Ele se levantou e saiu, em direção ao quarto.

Mais tarde, veio a etapa da briga. Foi, de longe, a briga mais feia que já tiveram. Com isso, você saiu de casa para espairecer a cabeça, indo até uma cafeteria.

Não deu muito tempo para Yoongi te ligar, pedindo desculpas e dizendo o quanto se arrependeu, mas tudo no jeitinho Min Yoongi de sempre.

– S/N volta pra casa. Desculpa tá, eu sei que eu errei e blá blá blá. Mas porque caralhas você não me avisou que ele estaria ali?! Eu fui pego desprevenido! – Uma pausa, talvez para pensar no quê dizer – Volta pra casa… Eu já tô com saudade…


♦Jung Hoseok♦

O sorrisinho fofo e radiante de Hoseok se desmancharia por completo assim que você negasse seu convite para ver o ensaio por já ter marcado de sair com um amigo. Ele não conseguiria disfarçar toda sua frustração e ciúmes, estaria claro que ele estava incomodando com a situação.

– Vai sair com um amigo? – Você responde com um singelo “Sim”, oque só favorece para o desagrado do garoto – Vai deixar de me ver dançar lindamente para sair com um amigo? É sério isso?

E é aí que começaria a discussão toda. Foi algo ainda mais desagradável para Hoseok do quê te ver saindo com o tal amigo.

Assim que você vira as costas, ele te abraça por trás e deposita um beijo em seu pescoço.

– Desculpe, jagi. – Um suspiro longo de sua parte. – É que eu não imaginei que iria preferir sair com ele à me ver no ensaio…

– Eu não preferi, Hobi. Acontece que já estava marcado, e ficaria extremamente rude da minha parte desmarcar agora, entende? – Você viraria, passando os braços ao redor do seu pescoço e o dando um selinho. – Prometo te ver no próximo, ok?


♦Kim Namjoon♦

Assim como Yoongi, ele não demonstraria sempre que sentisse ciúmes ou algo do tipo, apenas observaria e conversaria mais tarde com você. Mas nesse caso havia extrapolado e sua frustração não se conteve em explodir.

Ele havia chegado cançado dos ensaios, só queria passar o resto do dia ao seu lado e descansar, mas assim que soube que isso não seria possível por você querer ir visitar uma amiga que acabara de se mudar recentemente, Namjoon acabou por explodir, seria por puro impulso, mas ainda sim seria algo tenso e desconfortável.

– Amor, vou visitar uma amiga hoje, tudo bem? – Você disse sentando em seu colo e alisando seus cabelos. – Ela e o irmão mais velho acabaram de se mudar e-

– Ela tem um irmão mais velho? – Perguntou, já demonstrando uma certa indignação.

– Sim. Algum problema?

– Acontece que eu pensei que poderia passar uma noite de descanso ao seu lado. Mas parece que você prefere o irmão dessa amiga aí…

– Ei! – Se levantou rapidamente de seu colo, parando em sua frente. – Em nenhum momento disse isso! Que tipo de pessoa pensa que sou?!

– Não sei! Responda você. Que tipo de pessoa é?! – Gritou e subiu as escadas, entrando no quarto e te deixando na sala.

Você foi na casa da amiga, e quando voltou, Namjoon não hesitou em te pedir desculpas.

– Jagi, quer falar comigo agora? – Dizia segurando um copo d'água do outro lado do balcão que havia na cosinha.

– Você me ofendeu, Namjoon.

– Desculpe! Sabe que não foi minha intenção. Eu estava cansado e com saudade de você, eu te amo e desculpe se te ofendi.

Você sorriu e ele seguiu em sua direção, te abraçando forte.

– Eu também te amo – Você sussurrou em seu ouvido.



♦Park Jimin♦

Que Jimin era ciumento você sabia, e por isso sempre cuidava quando fosse falar alguma coisa relacionada a amizades masculinas ou algo parecido.

– Amor, fui convidada para a festa de aniversário de um amigo do Brasil. Você não ficaria chateado se eu fosse, né?

E isso foi o suficiente para fazer os nervos de Jimin explodir e ser totalmente dominado pela crise de ciúmes, causando uma briga entre os dois. Após a briga, vocês não se falavam e nem mantiam muito contato visual, permanecendo sempre um clima tenso e desagradável entre os dois. Mas o pequeno Park não aguentou a pressão de ficar sem a jagi que tanto amava e iniciou a reconciliação com um pedido de desculpas.

Ele entrelaçou os braços ao redor da sua cintura, mas você ainda permaneceu calada e de braços cruzados – Eu sei que fui um pouco egoísta e ciumento… – Deu uma pausa na fala assim que percebeu você arquear uma das sobrancelhas, sarcástica. – Tá, fui muito egoísta e muito ciumento. Mas eu estava com saudades, imaginei poder passar o dia com você. Me desculpa, tá?



♦Kim Taehyung♦

– Jagi, que tal uma maratona de jogos hoje a tarde? Podemos pedir pizza para comer enquanto jogamos! – Tae dizia animado, mas sua animação vai desaparecendo aos poucos quando percebe que você não tirou os olhos do celular, e provavelmente não o ouviu. – S/N, você me ouviu?

– Uhum. – Continuou com o foco voltado ao celular, sem desviar o olhar do aparelho em mãos.

– O que está fazendo de tão interessante aí que está tomando toda a atenção que você deveria estar dando para mim?

– Estou falando com um colega da faculdade… – Falava em tom baixo, quase não dando para ouvir e sem desgrudar os olhos do celular. – Estamos falando sobre o trabalho da semana que vem. Somos uma dupla.

– E esse trabalho é tão importante assim para atrapalhar nosso final de semana?

– Sim, Tae. Desculpe. – Por um estante, seu olhar se ergueu ao de Tae, que esbanjava decepção, mas logo voltou a fixar na tela do celular. Irritado e inconformado com a situação ele sobe para o quarto e inicia o jogo sozinho.

Após um tempo, a conversa entre você e seu amigo chega ao fim e então você percebe a ausência de Tae e resolve procura-lo.

– Tae? – Disse abrindo a porta do quarto e encontrando um Taehyung emburrado e frustado com um dos controles do videogame em mãos. – Quer jogar agora?

– Não. Pessa para seu colega de faculdade jogar com você agora. – Assim como você fez antes, ele manteve o foco na TV e no jogo.

– Ok. Vou pedir mesmo. Já que meu namorado não quer mais jogar comigo. – Falou e deixou Tae sozinho, seguindo para a sala e pegando o celular novamente.

A casa silenciou em um silêncio torturador e entediante. Então você resolveu parar com essa briguinha infantil e você mesma ir pedir desculpas.

– Oppa, desculpe. Eu deveria ter te dado atenção antes. Vamos jogar agora, por favor?!

– Você sabe mesmo qual é meu ponto fraco….



♦Jeon Jungkook♦

Você nunca havia visto Jungkook tão irritado como agora. Estavam no meio de uma briga causada pelos ciúmes de Jeon.

– Foi só um abraço! Somos amigos. Apenas uma demonstração de carinho. – Suspirou, tentando manter a calma. – No Brasil, é normal nos abraçarmos, isso não significa nada, só um gesto comum entre amigos.

– Não importa. Aqui não é o Brasil! – Ele falou e se trancou no quarto.

Você apenas desceu para a cozinha para pegar algo para comer. Sabia que logo Jungkook viria para conversarem como adultos sensatos. E não demorou muito para que ele aparecesse e sentasse ao seu lado na mesa.

– Me desculpa? – Ele pergunta.

– Só se fizer aegyo.

– Não vou ser desculpado tão cedo…

– Você quem sabe.

– Aff. Ok, você venceu. – Fala e faz um aegyo, te fazendo rir.




Aah! Mais uma coisa: Foi mal por postar quase 2 da manhã, mas como eu disse lá em cima, o Tumblr deu umas bugadas e eu tive que escrever tudo de novo, e como minha Internet ta em um periodo de trollagem com a minha cara, eu tenho que aproveitar quando ela não falha e postar logo. Bjins e boa noite pra vcs ❤.

~Luvy

BTS Reaction: Ao você trollar ele

  Pedido: Faz um reacton do BTS que você trolla ele


Jin

Você estava na piscina querendo a companhia do seu namorado, mas ele ficava sentado na cadeira de praia tomando sol sem vontade alguma de entrar na água. Você cansada de ficar sozinha, resolveu fazer uma pequena brincadeirinha.

- JIN! 

Você gritou logo fingindo escorregar na piscina e afundado como se estivesse se afogando, é claro que ele acreditou e logo pulo na piscina sem  pensar duas vezes para poder te salvar. Com um pouco de dificuldade conseguiu tirar seu corpo da água e te deitou no colo dele, sem saber o que fazer, mas logo percebeu que você ria e se levantou bravo.

- Que brincadeira idiota.

Você percebeu que ele não tinha gostado daquilo e se arrependeu na mesma hora indo até onde ele estava sentado e abraçando.

- Amor, desculpa, era uma brincadeira…

- Muito sem graça por sinal, eu fiquei preocupado com você.

Ele ficaria ressentido por um tempo, e você não desgrudaria dele até eu esquecesse da sua brincadeira idiota.

Originally posted by rapdaegu


Namjoon / Rap Monster.

- Amor, eu preciso falar com você. 

Você bateu no sofá para que ele se sentasse ao seu lado, estava se fazendo de seria, para que ele acreditasse na sua trollagem. Você e Jungkook tinham feito uma aposta, quem perdesse podia escolher o que o outro tinha que fazer, você perdeu e ele decidiu que você teria que trollar seu namorado.

- O Que foi… Aconteceu alguma coisa?

- S-sim. - Você tremia a voz propositalmente e ele te olhou esperando que você explicasse o que tinha acontecido.- Eu… estou gravida.

Ele ficou sério por alguns momentos, como se pensasse na falsa noticia, ficou pálido por um tempo, mas logo sorriu.

- Ta tudo bem… Você não precisa se preocupar, a gente vai cuidar do nosso filho..

Ele ia continuar falando mas você interrompeu.

- Não… eu quero abortar…

- Ah, eu não vou deixar fazer isso de jeito nenhum… Eu sou o pai dessa  Criança, de jeito nenhum eu vou deixar você fazer isso. - Ele falou se levantando do sofá chateado e bravo, Vocês dois continuaram a falar por um bom tempo até que você viu que logo ele perderia a paciência, então o chamou:

- Amor…

- Nada que você me falar vai fazer eu mudar de ideia sobre isso…

- Amor, é brincadeira, eu não estou gravida.

- QUE IDIOTA. - Ele ficaria muito bravo com você por ter brincado com algo delicado e você demoraria para convencer que aquilo realmente era brincadeira e que você queria apenas ver como ele iria reagir, pois se estivesse gravida mesmo, nunca faria isso.

Originally posted by ttaegiis


Jungkook

- Ta bom s/n, mas você pode pelo menos me contar o motivo disso? o que eu fiz?

O Garoto estava muito nervoso, tentava não mostrar mas era visível, ele pensava em todas as coisas que tinha feito tentando lembrar de algo que poderia ter te magoado para concertar tal coisa, mas não se lembrava de nada, até porque não tinha feito nada e você não queria terminar com ele de verdade.

- Amor… quer dizer, Jungkook… Você não fez nada, é que não ta dando mais certo sabe? Uma hora ou outra a gente vai acabar terminando, então seria  melhor a gente fazer isso logo, sinto muito, de verdade, mas a gente não tem mais motivo para ficar juntos.

- Como não? eu te amo, isso não conta como motivo?

Ele estava quase chorando enquanto caminhava até a porta, antes que ele pudesse sair você correu para frente dele.

- Ah amor, é brincadeira, você não sabe nem brincar… eu te amo.

Ele ficaria bem chateado com a brincadeira, mas te abraçaria forte aliviado por você  não querer deixar ele.

- Nunca mais brinque com isso.

Originally posted by theking-or-thekid


Jimin

A Alguns meses atras Jimin tinha te trollado com a ajuda dos amigos, um plano muito bem feito que fez você até chorar, você estava pelo Youtube quando achou um vídeo e teve sua ideia de vingança.

Você tinha pedido para ele te levar para casa da sua amiga, lá você pediu para ela te ajudar a fazer um ‘’ chupão falso’’  com maquiagem e depois de um tempo voltou para casa dele, o encontrando deitado na cama, logo pulou na cama do lado dele e ficou lá conversando coisas aleatorias com seu namorado esperando que ele notasse a suposta marca em você.

-Amor o que é isso no seu pescoço?- Ele perguntou se sentando na cama e você se afastou para não entregar a trollagem assim tão facilmente.

- O que? Não tem nada no meu pescoço. 

- Então deixa eu ver. 

Você insistiu que não tinha nada e logo cobriu a marca falsa com o cabelo e ele te puxou para ver o que era, você tentou se esquivar  mas logo deixou ele ver a marca já se preparando para briga.

 - Porque tem um  chupão no seu  pescoço? Você tava me traindo? Você tava na casa da sua amiga mesmo? Fala a verdade para mim! Hoje mesmo não tinha marca alguma ai.

Vocês continuaram a discutir por um bom tempo, você negando, mas como aquela marca surgira ali?

- Jimin… Jimin presta atenção. -Ele já estava se descabelando quando olhou pra você e viu você simplesmente limpando a marca que era feita de batom.- É batom seu bobo,  vingança! Ninguém mandou me enganar daquela vez.


Originally posted by kpopidolaegyooo


Yoongi/Suga

- Você ta me enganando né? Essa sua historia não faz nenhum sentido. Você não é lesbica S/n!

- Eu sou sim Yoongi.

- Ah então por que você esta comigo?

O Garoto se virou de costas para você e se sentou no chão, você aproveitou isso para dar uma risada muda antes de responder.

- Porque a minha família não podia saber, ai eles tinham que achar que eu tinha um namorado homem…

Você falava baixo tentando parecer convincente, ele duvidava um pouco, mas já estava prestes a acreditar na sua brincadeira.

- Mas você transou comigo! Mas de uma vez.

- Porque você também não podia descobrir né Yoongi.. Não foi bom para mim.

Falou realmente segurando a gargalhada e não teve resposta alguma do garoto que continuou de costas para você.

Então resolveu entregar o jogo e admitir que era brincadeira. Deu a volta no quarto indo até onde ele estava e se sentando em seu colo, Lhe dando um beijo e rebolando levemente sob seu colo. Ele ergueu o rosto mordendo o lábio e riu.

- Eu sabia que você estava brincando comigo.

Originally posted by imonaworldtour


Taehyung/V

Você não conseguiria trollar ele pessoalmente, ia cair na risada, então resolveu que faria isso por telefone.

Ele estava na casa De Namjoon, te chamou para ir junto, mas você negou, os meninos já sabiam de sua brincadeira.

Você fingiu estar em casa, mas mais tarde foi também para casa de Namjoon ficando escondida no quintal dele, pegou seu telefone e ligou para Tae.

Você disse a ele que tinha que contar algo importante, mas que não conseguia fazer pessoalmente, ele já estava curioso e com um pressentimento de que o que você diria não era algo bom, quando você disse que tinha o traído, mas é claro que não passava de uma brincadeira.

Na sala os amigos dele perguntaram o que tinha acontecido para ele estar tão mal apos desligar o telefonema, ele não disse nada apenas saiu de casa indo para o quintal sem te ver, ele estava muito nervoso, então Jin e Jungkook resolveram contar que era uma pegadinha sua, ele não acreditou em uma palavra dos amigos, achava que eles estavam te dando cobertura e ficou ainda mais bravo.

Até que você saiu de dentre as arvores rindo e correu para abraçar o namorado.

- Droga! Vocês dois estragaram minha brincadeira.

Jin e Jungkook deram ombros e voltaram para dentro da casa deixando vocês dois sozinhos.

- Ah você é muito infantil… Mas vai ter volta, só espera!

Originally posted by toughchim


Hoseok / J-hope

Hoseok sempre pregava peças em você, e isso estava começando a te deixar irritada já que sempre ele inventava uma maneira diferente de te enganar. 

Um dia você simplesmente enjoou de ser trollada e decidiu se vingar, mas para isso, você teria que ser uma ótima atriz.

Estava quase na hora de Hobi chegar do trabalho, como o planejado você se jogou no chão fingindo um desmaio, seria difícil segurar a risada quando ele chegasse e ficasse desesperado ao te ver ‘’ desmaiado’’

E Foi exatamente o que ele fez, assim que entrou deu um grito e correu para te pegar no colo te colocando sob o sofá, sem saber o que fazer.

- Aaah fala comigo S/n Pelo Amor de Deus!

Você não aguentou e caiu no riso, abriu os olhos e viu ele frustrado por ter caído na pegadinha.

- Você é muito boba.

- Você já fez brincadeira piores, agora o jogo virou amor.

- Eu prometo que nunca mais te engano se você nunca mais me der um susto desse! Eu quase morri do coração Jagiya!

Originally posted by nnochu


~Bela | Pedidos abertos

Pedido: Faz um com o Liam, que ele é youtuber, ele resolve fazer os desafios que os inscritos mandam (você escolhe os desafios) e ele faz esse vídeo com a (S/N), pode ser bem engraçado e fofo. Obrigada✌ - @manuellajamespayne

Obrigada por ter feito o pedido, adorei a idéia do imagine.❤

***

Imagine Liam Payne:

-Vamos gravar?
Perguntei depositando um beijo na bochecha de minha namorada.

-Vamos!
Respondeu sorridente.

Liguei a câmera ajeitando um pouco o ângulo da mesma e começamos a gravar.

-Oi galera! Eu sou o Liam e essa é minha namorada…
Comecei a introdução e esperei minha namorada continuar.

-S/n!
Ela continuou e eu sorri.

-Estamos aqui hoje para fazer os desafios que vocês mandaram no Twitter!
Falei mostrando o celular com o Twitter aberto.

-E vocês praticamente imploraram para que eu aparecesse nos vídeos junto com ele então…aqui estou eu!
S/n falou me fazendo rir.

-Verdade, eu recebi até ameaças do tipo “Se não colocar a S/n no vídeo vai dormir no sofá!” ou “Quero meu otp lindo junto nos vídeos senão não assisto nunca mais Liam James Payne!” e esse até me assustou um pouco, você viu que ela usou meu nome inteiro? Só minha mãe faz isso, e ela quando está muito brava.
Falei recebendo um tapa de S/n.

-Tudo bem! Pra quem não sabe como mandar os desafios é só entrar no meu twitter que vai aparecer aqui na tela, @RealLiamPayne, e twittar com a hashtag #DesafieLiam&S/n. Aproveitem e sigam essa minha princesa aqui, @SeuTwitter, e fiquem enchendo ela pra gravar vídeos comigo.
Falei apertando as bochechas de S/n que deu risada.

-Agora vamos ao desafios!
Falei e peguei meu celular que já estava na tag e procurei por um desafio.

-A @Liammyprincess twittou: Desafio vocês a se pegarem em um elevador cheio de gente.
Li o twitte e S/n me encarou.

-Não sei se a essa hora o elevador do meu prédio vai estar cheio mas, vamos ver a reação das pessoas.
Falei e nos levantamos saindo de meu apartamento com uma câmera um pouco menor na mão e indo para o elevador. Ajeitei a câmera em um lugar mais discreto para que ninguém percebesse e esperamos já que o elevador ainda estava vazio. Assim que o elevador parou um andar abaixo de onde estávamos, um casal de velhinhos entrou segurando algumas compras, eles apertaram o botão do andar que iriam e nós começamos a agir, peguei na cintura de S/n e colei seu corpo no meu começando um beijo desesperado, percebi os olhares dos velhinhos e comecei a explorar o corpo de S/n com a mão até pousar a mesma em sua bunda e apertar o local, o senhor pigarreou e eu quase explodi em risadas, S/n começou a passar a mão por meu abdômen por baixo da camiseta e eu acabei soltando um gemido baixo sem querer pelo fato dela ter arranhado um local sensível. S/n me olhou surpresa e o elevador parou no andar em que os dois iriam sair, antes de saírem pude ouvir que os dois cochicharam algo como “Esses jovens de hoje em dia!” e “Você viu como ele pegou nela? Nunca fez isso comigo!” e uma guarda chuvada no velho. Terminamos o beijo completamente ofegantes e morrendo de rir. S/n estava com os lábios completamente avermelhados e um pouco inchados, esse foi com certeza o melhor desafio.

Voltamos para o meu apartamento e continuamos a gravar.

-A @Leedomypayne twittou: Trolla a tia Karen fingindo que a S/n está grávida.
Li o twitte e peguei o celular de S/n para ligar para minha mãe.

-A “tia Karen” não está em casa hoje, mas nós vamos ligar pra ela e fazer tipo um trote.
Falei e vi que o celular já estava chamando, coloquei a ligação no viva voz e esperei que minha mãe atendesse.

-Alô? S/n?
Minha mãe atendeu.

-Oi mãe, sou eu Liam.
Falei fazendo uma voz meio rouca de quando estou chorando.

-Filho? Que que aconteceu?
Perguntou já ficando preocupada.

-Você está ocupada?
Perguntei ignorando sua pergunta.

-Não, eu estou na casa da sua irmã, pode falar.
Respondeu e eu respirei fundo.

-Eu preciso que você mantenha a calma, eu vou passar o telefone para a S/n e ela vai te explicar tudo, Ok?

-Tudo bem, vocês estão me assustando.
Falou e eu passei o telefone para S/n que arregalou os olhos e negou com a cabeça. Tentei a convencer e no fim ela cedeu pegando o celular.

-Oi Karen, tudo bem?
Falou nervosa.

-Tudo sim querida, você pode me dizer o que está acontecendo?
Minha mãe perguntou já claramente irritada.

-É que…eu andei meio mal esse dias e…Liam e eu descobrimos que…
Explicava enrolada.

-Descobriram o que?!

-Eu estou grávida! Você vai ter um netinho.
S/n falou de uma forma fofa e nada foi ouvido da outra linha.

-Mãe?!
Chamei e nada.

-Dona Karen?!
S/n tentou e ouvimos algo como gritos de minha mãe e minha irmã.

-Ai meu Deus Liam! Vocês vão me dar netinhos? Eu sempre quis um netinho mas a sua irmã não ajuda!
Minha mãe falava rápido e ouvi minha irmã resmungar algo com ela.

-Você está…feliz?
Perguntei confuso olhando para a câmera e logo depois para S/n.

-Claro que estou! Mas eu também preciso fazer meu papel de mãe e dizer que vocês vão ter que tomar conta dessa criança e serem responsáveis e…

-Mãe!
Tentei chamar sua atenção.

-Aliás, vocês já pensaram em nomes? É algo importante.

-Mãe!
Chamei novamente e ela parou.

-É só uma trollagem. Mas fico feliz em saber que a senhora iria me apoiar se S/n estivesse grávida.
Falei e vi ela se desanimar.

-Liam James Payne! Como assim uma trollagem? Que história é essa?!
Perguntou brava.

-Eu estou gravando mãe, diga oi para o pessoal!
Falei e ela começou a me xingar de vários nomes feios.

-Okay mãe Tchau, te amo!
E desliguei o celular. Eu e S/n começamos a rir que nem idiotas.

(…)

Depois de mais alguns desafios, deixei o melhor por último. S/n havia ido ao banheiro e eu preparei o meu quarto - que é onde estamos gravando - com rosas e algumas velas, para dar um ar mais romântico. S/n voltou e me olhou confusa.

-O que é isso?
Perguntou se sentando ao meu lado. Ignorei sua pergunta e continuei.

-Agora…o último desafio. A @LiS/nforever twittou: Pede a S/n em casamento.
Li e vi minha namorada arregalar os olhos. Peguei a caixinha em meu bolso e me virei para ela ainda sentado já que estávamos gravando e eu não poderia levantar.

-Eu não levo isso como um desafio, nós estamos namorando a mais de cinco maravilhosos anos, e eu meio que combinei com essa @ para que me ajudasse a fazer o pedido. E nada mais especial do que pedi-la em casamento durante o nosso primeiro vídeo juntos.
Falei e vi um sorriso se abrir em seu rosto. Abri a caixinha de veludo e peguei em sua mão.

-Aceita ser minha para sempre, e me fazer o homem mais feliz do mundo, e um dia me dar uma guarda chuvada após sairmos de um elevador e você reclamar que eu não pego mais na sua bunda, e dar vários netinhos a minha mãe?
Perguntei vendo-a rir e assentir com os olhos marejados.

-Aceito!
Respondeu e eu coloquei o anel em seu dedo logo a beijando.

-Então…esse foi o vídeo, espero que tenham gostado, se tiverem, deixem seu like e se inscrevam no canal, compartilhem o vídeo com os amigos e pode me mandar aquelas fotos super fofas que vocês fazem de nós dois por correio, eu amo ver elas.
Falei sorrindo e limpei uma lágrima que escorreu do meu olho.

-Quer falar alguma coisa?
Perguntei a S/n.

-Obrigado por terem ajudado Liam, ele é péssimo em programar coisas e se organizar. E obrigado por sempre nos apoiarem.
Falou limpando seu rosto que agora estava todo molhado.

-Ok, então é isso. Tchau gente!
Falei e encerrei o vídeo.

-Não acredito que havia feito isso para mim.
S/n falou me abraçando.

-Queria que fosse especial.
Sorri e a abracei ainda mais forte.

***

Espero que tenha gostado.😘

E me desculpem não ter postado ontem, acabou a luz na minha rua e não deu pra fazer nada.

IMAGINE ZAYN MALIK.

– Essa é a segunda parte daquele meu especial/preference longo que eu tinha postado há um tempo atrás e que vocês gostaram muito e me deram uma resposta super legal. Queria pedir desculpas pela demora em postar a segunda parte, mas como vocês sabem, esse ano não tá fácil e eu não estou tendo tempo nem para dormir.  Para quem não leu a primeira parte, esse imagine faz parte de um especial que tem como tema “(Sn) é uma YouTuber e trolla ele” com cada parte sendo um dos meninos trollado pela namorada YouTuber. Vocês podem achar as outras partes em one-shots-da-1d.tumblr.com/tagged/youtube. A parte do Louis foi a primeira e você pode conferir ela na tag já mencionada. Espero que gostem, boa leitura.

[…]

– Olá Olá, galerinha, tudo bem com vocês?? Comigo está tudo ótimo. – sorri animada para a câmera, feliz de finalmente estar gravando. – antes de começar o vídeo dessa semana, eu queria pedir um milhão de desculpas por não ter postado nada na semana passada, mas fiquei mega doente e não estava conseguindo nem sair da cama direito. E para piorar, meu namorado estava viajando e como vocês sabem, não moro mais com os meus pais, ou seja, ninguém para cuidar de mim. – fiz beicinho. – mas agora estou muuuito melhor e resolvi atender uma sugestão de vídeo que vocês estavam fazendo há muuuito tempo para mim de trazer o Zayn aqui para o canal, já que ele nunca participou de nenhum vídeo meu. Como vocês já devem ter percebido, a tag “trollando meu namorado” está super famosa e eu decidi entrar na onda e trollar o meu querido namorado dizendo que me contaram que ele havia me traído semana passada, que foi quando eu fiquei doente e não pude acompanhar ele na viagem para Los Angeles. Eu to louca para saber a reação dele, porque se eu o conheço bem, ele vai ficar puto de ódio, tanto pelo boato inicial de que ele me traiu, como pela trollagem, já que ele não lida muito bem com brincadeiras, sempre apelando. Como nunca fui traída, pelo menos que eu saiba, não sei como reagiria em uma situação assim, então vou optar por fazer a namorada sofredora, que chora e se pergunta o porquê de isso ter acontecido com ela. Espero que gostem do vídeo e não se esqueçam de deixar aquele Like que ajuda MUUUITO na divulgação do canal. Vamos lá?!

Sorri para a câmera, enquanto dava o pause e a arrumei na estante da sala, entre meus livros bagunçados para que Zayn não pudesse vê-la. Apesar de estar super animada com o vídeo e com a ideia que eu tive para fazê-lo, ainda tinha medo da reação negativa que algumas pessoas poderiam ter por causa da presença de Zayn. Já até esperava que me acusassem de me aproveitar da fama do meu namorado, porque sempre soube que independente de quantos anos eu tivesse o canal e do quanto eu já alcancei por esforço próprio, com mais de sete milhões de inscritos e uma vida financeira estável, a partir do momento que eu namorava um cara famoso e bem sucedido, para as pessoas, todas as minhas conquistas se deviam ao fato de eu ser a namorada dele. Infelizmente, não era só comigo que isso acontecia. E isso me deixava puta.

Respirei fundo e decidi deixar todos esses pensamentos de lado, firme na minha decisão de não me privar de nada para tentar agradar essas pessoas que só conseguiam ser felizes se for à custa da dor alheia. Eles não mereciam nem um segundo do meu tempo. Sorri convicta e terminei de arrumar tudo, bem a tempo de Zayn chegar e eu conseguir dar play na câmera.

É hora do show.

– Oi, meu amor. Que saudades!! – Zayn me cumprimentou assim que abri a porta, todo carinhoso. Resisti ao impulso de corresponder seu abraço apertado e continuei com a minha cara de cu, visivelmente chateada. Lento como sempre, ele não percebeu minha expressão de primeira, só notando quando desviei de seu beijo. – (Sn)? Está tudo bem?

– O que você acha, Zayn? – perguntei de volta, erguendo a sobrancelha em um claro sinal de que não  estava tudo bem.

– Eu não sei, aconteceu alguma coisa?

– Acho melhor a gente entrar, não quero dar um espetáculo para os meus vizinhos. – disse bem séria, tentando arduamente não rir quando ele finalmente percebeu que eu não estava de brincadeira e que iríamos brigar. Era possível ver o brilho de desespero nos seus olhos.

Nos sentamos em silêncio no sofá, ele aguardando a briga começar e eu tentando pensar nas coisas mais tristes que conseguia me lembrar para não cair na risada. Finalmente, respirei fundo e comecei a dizer em voz baixa, encarando meus dedos entrelaçados.

– Apesar de ter imaginado essa cena um milhão de vezes, eu ainda não sei como começar a dizer tudo o que está engasgado aqui dentro. Já chorei muito, já gritei muito e te xinguei ainda mais, mas… Agora que eu to aqui, na sua frente, eu só consigo pensar em como você pode fazer isso comigo. O porquê, entende? Eu não consigo, mesmo depois de horas pensando, entender o porque de você ter feito aquilo comigo, mesmo depois de tudo o que a gente já passou juntos. – pausei, como se estivesse tentando não chorar. – eu não consigo entender, Zayn.

– Eu não faço ideia do que você está falando, (Sn). O que aconteceu, pelo amor de Deus?

– Não precisa mentir para mim. Chega, chega de todas essas mentiras, de todas essas desculpas, apenas… Chega… – bufei, enxugando uma lágrima guerreira que conseguiu sair do meu olho esquerdo. – eu já sei que você me traiu, Zayn.

– É o que, (Sn)? Da onde você tirou um absurdo desses?? – sua expressão mudou em uma fração de segundos, de confusão a ira.

– Já me contaram, Zayn. Me ligaram, me mandaram mensagens em todas as redes sociais possíveis me informando que você havia me traído e que eu era a nova piada mundial. Meu Deus, será que você não tem a menor consideração por mim? – encarei-o nos olhos, com dor e sofrimento. – eu confiava em você, Zayn!!! A sua palavra sempre era a que tinha mais valor para mim, e o que eu recebo em troca? Traição!!

– (Sn), isso é mentira, eu…

– Não tem desculpas para o que você fez, seu canalha. Você me traiu enquanto estava em Los Angeles, enquanto eu estava aqui, doente e sozinha, precisando de você!! Como você foi capaz? – perguntei com ódio no olhar. – da onde você conhece ela? Há quanto tempo vocês se conhecem? Essa não foi a primeira vez, não é?

– (Sn), me deixa te explicar, isso é…

– Você teria ficado com ela mesmo se eu tivesse ido junto com você na viagem? – continuei interrompendo-o. – Ora, que pergunta mais idiota, é óbvio que sim, não é? Canalhas estupidos sem o mínimo de decência não se importam com esse tipo de coisa.

– (Sn), isso tudo é mentira, eu juro. Eu nunca te trai, nunca, está me ouvindo bem?? – Zayn disse desesperado. Aproveitei o clima tenso e forcei um choro, como se estivesse totalmente quebrada por dentro.

–  Ela era mais bonita do que eu, Zayn? Ela te amava mais do que eu? Esteve do seu lado quando você mais precisou? – solucei – Por que, Zayn? Por que você fez isso comigo? – comecei a chorar de verdade, cobrindo o rosto com as mãos. – POR QUE? – gritei, sofrendo.

Meu Deus, que Dicaprio o que?! Era eu quem estava merecendo o Oscar.

– ME PERDOA!! – Zayn gritou de repente, me silenciando. Arregalei os olhos mesmo com minhas mãos tampando-os. – eu… Eu não sei porque fiz aquilo, ok? Quando eu vi já tinha feito e você não faz ideia do quanto eu me arrependo, mas…. Me perdoa, pelo amor de Deus. Eu não suporto te ver assim.

Lentamente, retirei minhas mãos do meu rosto e encarei Zayn que estava chorando com a cabeça apoiada nas mãos. Pisquei aturdida, ainda tentando entender o que tinha acontecido. Zayn havia me traído?

– Você… Você o que?

– Eu sinto muito, (Sn), mais do que você pode imaginar!! – sussurrou, sem me encarar. – eu não conhecia ela, encontrei-a naquela boate onde seria a festa de Sam e eu sequer a tinha notado, mas então comecei a beber e ela veio falar comigo e quando eu vi, já estava transando com ela. – arregalei ainda mais os olhos a medida que tomava consciência do que aquilo queria dizer. – mas eu quero que saiba, eu preciso que saiba, – virou-se no sofá, agarrando fortemente minhas mãos. – que ela não significou nada para mim, que é você que eu amo. Só você.

Pisquei uma, duas, três vezes até que uma ira incontrolável se apossou de mim, fazendo-me enxergar tudo vermelho. Não podia acreditar que aquele filho da puta tinha feito isso comigo.

– Você me ama? – perguntei com a voz perigosamente calma.

– Claro que sim, (Sn), você foi a única mulher que eu realmente amei. – afirmou com o cenho franzido, confuso do porquê de eu estar me ajoelhando no sofá. Sorri cínica para ele antes de me jogar em sua direção e grudar em seu pescoço, apertando-o máximo que eu conseguia.

– EU VOU TE MATAR, SEU FILHO DA PUTAAAAAAA!!! – gritei completamente irada, sem conseguir enxergar nada na minha frente que não fosse o ódio que eu estava sentindo. – VOCÊ SENTE MUITO? VOCÊ SÓ VAI SABER O QUE SIGNIFICA SENTIR MUITO QUANDO EU ARRANCAR SEUS OLHOS COM AS MINHAS UNHAS E MASTIGAR NA SUA FRENTE ENQUANTO VOCÊ AGONIZA DE TANTA DOR, IMPLORANDO POR PIEDADE E ENTÃO, EU CORTAREI O SEU PAU COM UMA FACA CEGA E DAREI PARA OS CÃES NA RUA COMEREM ELE, SEU DESGRAÇADO, FILHO DE UMA PUTA!! E ENTÃO EU TE DIREI “SINTO MUITO”. – tentei subir mais em cima dele, para arrancar seus olhos, mas seus braços dificultavam muito meu trabalho e eu só conseguia arranhar seu rosto. – EU VOU TE MATAR LENTAMENTE, ARRANCAR CADA CENTIMENTRO DE SUA PELE, ATÉ NÃO RESTAR MAIS NADA, E ENTÃO VOU JOGAR ÁCIDO SULFÚRICO NO SEU CORPO E OUVIR VOCÊ GRITAR DE DOR ENQUANTO EU TOMO SORVETE COM AS SUAS BOLAS!!!

Continuei atacando-o, dessa vez com tapas, até que parei ao ver seu corpo tremendo violentamente. Franzi o cenho ao pensar que ele estava chorando daquela maneira até que seu braço saiu da frente do seu rosto e eu pude ver o filho de uma mãe rindo até ficar sem ar. Ele estava rindo. Rindo não, gargalhando. Da minha cara.

– Você está rindo? Qual é a merda do seu problema? – perguntei inconformada, até que ele finalmente parou de rir, encarando-me com deboche.

– Pimenta nos olhos dos outros é refresco, não é mesmo, querida? – sorriu, soberbo. Franzi ainda mais o cenho, sem conseguir entender nada. – você acaba de ser trollada, meu amor.

Abri minha boca, mas nenhuma palavra saiu dela. Eu estava chocada. Paralisada.

– O que foi? O gato comeu sua língua? – riu. – dá um tchauzinho para a câmera, por favor. – pegou minha mão, acenando para a câmera que eu mesma havia escondido há alguns minutos. – achou que ia conseguir me trollar, não é? Mas o papai aqui é mais esperto, bebê. Você ainda não é páreo para mim.

– Mas… Como? – consegui perguntar, depois de algum tempo.

– Ah, foi muito fácil. Primeiro, eu sabia que você tinha que gravar algo urgentemente já que não postou nada na semana passada. Segundo, assim que eu cheguei, consegui ver a câmera entre os livros. Você já foi melhor, meu amor. – debochou, deixando-me levemente irritada. – depois veio com um papo de eu ter te traído sendo que eu jamais faria isso e você sabe. Eu sequer sai em Los Angeles, e quando fui na boate, fiquei conversando com você o tempo todo pelo telefone e que eu saiba, para te trair, eu iria precisar de duas mãos. E em quarto, mas não menos importante, eu sou muito mais esperto que você. – mandou-me um beijo no ar.

Ainda sem conseguir encara-lo de tanta raiva, sai de cima dele e fui em direção a estante pegar a câmera. Ouvir sua risada só me deixou mais nervosa e eu decidi me trancar no quarto.

– O que é? Não vai falar comigo? Já vai apelar, (Sn)?

– Você é um babaca, Zayn. – disparei, odiando ter sido trollada. Odiando sua risada. Odiando essa idéia. Odiando tudo. – não quero nem olhar para essa sua cara de babaca.

– Ora, ora, é como diria Shakespeare, meu amor. – conseguiu dizer entre risos. –  "se não sabe brincar, não desce pro play".

One Shot Harry Styles

  • Pedido -  Faz um com o Harry que ela trolla ele


Eu encarava Harry à minha frente até que desviei o olhar dramaticamente para minhas mãos juntas sobre o meu colo, eu disse a ele que precisávamos conversar e em menos de dez minutos ele já se encontrava na minha casa, de pé a minha frente enquanto estou sentada em minha cama.

— Eu estou aqui há uns bons cinco minutos… Você está me deixando apreensivo com todo esse silêncio. — o vi trocar o peso de uma perna para a outra.

— O que eu tenho a dizer não é fácil… Estou com medo. — falei baixo forçando desespero em minha voz.

— Se você queria me deixar ainda mais nervoso, você conseguiu. — ele suspirou e se aproximou colocando-se de joelhos à minha frente e segurando minhas mãos entre as suas.

— Promete não me deixar? — supliquei olhando em seus olhos.

— Claro que não vou te deixar. — ele beijou minha mão — Agora pode me dizer…

— Eu não queria, eu juro que não queria. Mas aconteceu… Foi uma coisa de momento, não teve significado nenhum para mim. — falei tudo com desespero o vendo me encarar com mais atenção.

— Você pode ser um pouco mais clara com o que está tentando dizer? — eu respirei fundo.

— Naquela noite que você não pôde vir embora comigo porque estava conversando com seu novo empresário e eu vim com o Niall, nós… — divaguei a explicar atenta a todas suas expressões — Nós… Nós acabamos ficando, não foram só beijos, aconteceu algo a mais aqui nessa cama… Não pudemos evitar, aconteceu, não queríamos magoá-lo. — coloquei minha mão em seu rosto sentindo as lágrimas correrem pelo meu.

Minha mão não ficou mais de alguns segundos sobre a pele de Harry até que ele se afastou como se meu toque o causasse algum tipo de queimadura.

— Eu não posso acreditar… Não posso! — ele disse mantendo seus olhos em mim — Primeiro com o Ed e agora comigo… Como o Niall pôde? Ele era como um irmão para mim. — ele desviou o olhar apertando as mãos em punho — E você…   Eu nunca esperei isso de você.

— Eu não queria Harry, foi mais forte do que eu, não tive como evitar.

— Não teve como evitar? NÃO TEVE COMO? — encolhi os ombros com seus gritos — Que tipo de pessoas vocês são? Trair o amigo e o namorado, como conseguiram ser tão sujos? — seu olhar queimava sobre mim.

— Amor, me desculpe eu…

Parei de falar ao que meu celular tocou e eu o peguei sob o olhar atendo de Harry e ao ver que era Niall me ligando, eu coloquei o telefone atrás de mim para que ele desconfiasse.

— É ele não é?! — eu não respondi — Me dá essa droga para eu falar com ele. — eu neguei com a cabeça — ME DÁ LOGO, MERDA! — Harry veio até mim tomando o celular sem que eu pudesse impedir.

— VOCÊ É UM DESGRAÇADO, EU JÁ DEVERIA IMAGINAR ISSO DE VOCÊ DEPOIS DO QUE VOCÊ FEZ COM O ED. — Harry gritou assim que atendeu a chamada e parou um pouco provavelmente ouvindo o outro — AGORA VOCÊ NÃO SABE DO QUE ESTOU FALANDO? Vai dizer que não sabia o que estava fazendo quando estava na cama com minha namorada?! — ele conteve um pouco seu tom, mas não deixava de falar alto — Como você não sabe mesmo do que eu estou falando? — mais silêncio — Ela mesma me contou tudo. — e enquanto Niall o dizia alguma coisa que eu não podia escutar, Harry se virou para mim me encarando incrédulo e eu não pude evitar explodir em gargalhada — Já descobri o que aconteceu… Desculpe irmão.  

— Você deveria ter visto a sua cara. — falei ainda rindo quando ele desligou o telefone.

— Você é uma maldita! — ele jogou o telefone sobre mim e passou a mão sobre os fios de seu cabelo — Você chorou de mentira, que falsa.

— Admita, foi engraxado. — eu ainda ria.

— Para você pode ter sido, mas para mim não. Eu quero tanto dar na sua cara de bandida. — ele deixou um risinho baixo escapar.  

— Você sabe que eu te amo, babe.  

— Você me ama, mas eu te odeio. Tchau!

Eu ri ao vê-lo sair do quarto indo provavelmente embora depois da raiva que o fiz passar. Essa com certeza foi a melhor trollagem que fiz com alguém, só de pensar começo a rir até minha barriga doer.




O 1s foi pequeno porque não tinha muito o que fazer, o pedido não teve detalhes e tal… Mas espero que tenham gostado.

Deixem seu favorito e podem falar comigo na ask.

Tem um grupo para leitoras no WhatsApp, então quem quiser entrar fala comigo que eu passo o numero para a dona.

E têm também um game rolando no @1dnossavida. Vão lá participar :)

- Tay