trocadeolhares

...o olhar, vale mais que mil palavras.

External image

Você ergue a cabeça, olha para frente e se dá conta de que alguém te observa. Como um gesto quase que de defesa, volta a olhar para baixo, mas algo dentro de você implora para que volte a erguer a cabeça e olhar para o mesmo lugar que olhara há poucos instantes. Sim, estava de fato, olhando para Você.

Quando o assunto é o flerte, a paquera, ou seja lá a denominação que “troca de olhares” recebe, nunca fui especialista - e nem pretendo ser -, mas confesso que a partir do dia em que reparei, o meu corpo ganhou uma segunda vida, a vida da qual não tinha o meu aval para agir de forma tão boba.

O meu estômago passou a ser friorento, as minhas pernas passaram a tremer e o meu coração… ah o meu coração, esse, passou a bater como se precisasse bombear sangue para uma cidade toda.

Como pode o nosso corpo, diante de uma pessoa da qual não sabemos quase nada agir de forma tão individualista? Como pode nossos pensamentos tendo como única referência a breve imagem de determinada pessoa, ser tão criativo a ponto de fazer com que nossos olhos enxergue-a em lugares improváveis? Como pode a paixão nascer assim do nada?

Amor à primeira vista?

Não sei, só sei que esse jogo do qual resolvi participar está mexendo, inclusive, com a coragem que mal tenho, com os planos que já tinha e com um futuro que tudo indica, será ao seu lado ♥.