trobone

Eles só julgam porque é fácil sentenciar alguém sem provas. É fácil apontar o dedo e colocar a famosa boca no trobone. É fácil acreditar de primeira e fazer daquilo a única verdade existente, o único lado da moeda, a única face de alguém, a única versão da história. Difícil é saber ouvir e escutar. Quem ouve, apenas usa sua audição de forma eficaz, mas quem escuta presta atenção no que foi dito, entende do que se trata, leva em consideração, questiona e reflete. Difícil é entender e ainda assim compreender, por exemplo, entendemos que dois mais dois são quatro, mas você compreende o porquê? Muitos nunca nem pensaram nisso. Compreensão envolve dar o benefício da dúvida, buscar respostas, a fim de analisar o verdadeiro entendimento dos fatos. Porém, o fácil é sempre o mais rápido e o que causa mais estrago. Mas eles não estão preocupados, sabe o porquê? Porque já foi dito, o circo já pegou fogo, as lágrimas já caíram e bom…a corda sempre arrenbenta para o lado mais fraco, e este é o lado a que pertenço.
—  Laryssa Oliveira em Conversando com o Espelho.
youtube

My band, ladies and gentlemen.