totalmente sem rumo

A tristeza fez de meu coração morada. Esse parasita pesou em meu peito, deixou minha respiração mais fria, minha cabeça mais conturbada e tirou-me a fome e a sede. A solidão e a tristeza tornaram-se irmãs de sangue e me assombraram por dias a fio. O desespero, então, decidiu se encontrar com as duas irmãs, deixando-me totalmente sem rumo. As noites tornaram-se inquietantes e a dor que os três citados me causaram fora imensa!
Não, meu caro leitor, não estou me referindo a um relacionamento amoroso que deu errado. Estou me referindo à dor que sentimos ao ver uma cachorrinha (que faz parte da família) debilitada e lutando pela vida; estou me referindo à dor que a perda de um ente querido nos faz; estou me referindo às perdas que temos ao longo de nossas vidas; estou me referindo, amigo, à dor de não nos sentirmos realizados por conta de sonhos que foram direto para o bueiro.
—  Bruno Estevam - (Desabafo)
Admito que esta muito difícil fingir que não sinto nada, fingir que não me importo sendo que a pessoa que eu mais me importo continua sendo você, mesmo com esse tempo que nos afastamos nada mudou aqui dentro, o sentimento continua o mesmo, eu não consigo te esquecer, por mais que eu tente, por mais que eu queira, isso esta sendo a coisa mais difícil da minha vida, nunca passei por uma barra tão grande como atualmente. Enquanto você esta ai com outro alguém, eu estou aqui procurando você em outros corpos, vivo na esperança de esbarrar com alguém que me tire desse pesadelo, eu sei que estou cavando o meu próprio buraco, mas o desespero é grande e estou totalmente sem rumo.
—  Mariana T